Jonas, futebolista do ano, quer ganhar campeonato e terminar carreira no Benfica

0
57

O avançado brasileiro Jonas, eleito na quinta-feira o melhor futebolista do Benfica, afirmou que quer voltar a ser campeão pelas ‘águias’ e que não se vê a representar outro clube, pelo que quer encerrar a carreira de encarnado.

O jogador, que falava à margem da Gala Cosme Damião, na comemoração do 115.º aniversário do Benfica, disse estar feliz com a distinção, aproveitando o momento para agradecer a todos os colegas de equipa.
“Tenho de agradecer a todos, especialmente os meus companheiros que estão diariamente comigo. Não podia deixar de mencionar o que aconteceu comigo há quatro anos e meio [no Valência não era opção], estava debilitado, não tinha perspetivas e o Benfica deu-me a mão. Estou muito grato”, afirmou.

Pela frente tem agora oito jogos na I Liga, aos quais se juntam ainda os da Taça de Portugal e da Liga Europa, mas o objetivo está bem delineado e passa pela conquista do primeiro lugar na prova maior do futebol nacional.Estamos focados, fortes e estamos em busca do nosso grande objetivo que é a reconquista. É difícil projetar o futuro. Neste momento quero desfrutar até ao final da época. O que tenho mais em mente é conquistar o campeonato nacional”, sublinhou.
Em relação ao futuro, Jonas é claro. Vestir outra camisola não: “Fisicamente estou bem. Não me vejo sair do Benfica para outro clube. É quase 100 por cento certo que encerro a minha carreira aqui.”
Lista dos premiados da Gala Cosme Damião:
– Prémio Revelação: João Félix (Futebol).
– Prémio Casas do Benfica: Casa do Benfica de Abrantes.
– Prémio Formação: Equipa de Juniores (Futebol).
– Prémio Projeto do ano: Futebol feminino.
– Prémio Inovação do ano: Benfica Digital.
– Prémio Parceiro do Ano: Sagres.
– Prémio Carreira: Minervino Pietra.
– Prémio Atleta de Alta Competição: Fernando Pimenta (Canoagem).
– Prémio Revelação Modalidades: Afonso Jesus (Futsal).
– Prémio Modalidade: Futsal Feminino.
– Prémio Mérito e Dedicação: Fernando Martins (ex-presidente).
– Prémio Treinador do Ano: João Tralhão (Futebol).
– Prémio Homenagem: Mário Dias (ex-vice-presidente).
– Prémio Futebolista do Ano: Jonas.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO