JSD/Açores vê aprovadas propostas de melhoria ao Programa “Estagiar”

0
9

O presidente da JSD/Açores congratulou-se ontem com a aprovação do projeto do PSD/Açores no parlamento açoriano que permitiu alterações, “há muito reclamadas pela estrutura social-democrata, aos programas regionais “Estagiar””, e assim permitiu colmatar lacunas identificadas pela JSD/Açores naqueles programas de estágio.

 

“Desde o inicio do nosso mandato, fomos contatados por diversos jovens que denunciaram situações menos positivas dos referidos programas, pelo que era urgente alterá-los e assim satisfazer os seus beneficiários”, realçou Flávio Soares.

 

Em relação ao Estagiar U, “e apesar não ser essa a proposta original da JSD/Açores”, foram aumentados os rendimentos dos jovens universitários que frequentam o programa.

 

“Penso que, apesar de tudo, os jovens açorianos saem beneficiados, uma vez que a grande maioria utiliza o vencimento para fazer face a despesas académicas, como por exemplo o auxílio ao pagamento de propinas”, sublinhou o dirigente.

 

Para Flávio Soares, tratou-se “de uma vitória da JSD/Açores e do PSD/Açores que, desde a primeira hora, na luta pela melhoria do programa, quiseram garantir que os jovens não fossem prejudicados pela utilização abusiva do “Estagiar”, ao contrário da vontade do Governo Regional”, sendo para isso importante “reforçar a fiscalização com mais ações regulares”.

 

“Como sempre defendeu a JSD/Açores, vai ser ainda estabelecida uma redução dos prazos de envio do mapa de assiduidade do jovem estagiário, antecipando assim os pagamentos do seus vencimentos”, frisou.

 

O presidente da JSD/Açores mostrou-se igualmente satisfeito “com a alteração relativa ao período de férias, pois nenhum jovem devia sentir-se obrigado a gozar esse nos moldes anteriores, ou seja entre o 12º e o 15º mês de estágio, de forma seguida e com carácter de obrigatoriedade”.

 

“Agora, e depois da insistência da JSD/Açores, os estagiários poderão antecipar o primeiro período de férias. É uma medida mais justa e temos a certeza que os jovens beneficiários do programa vão sentir-se mais motivados com essa possibilidade”, disse.

 

Flávio Soares frisou ainda que a JSD/Açores “não se inibirá de dar o seu contributo aos jovens da Região, sendo que a aprovação deste projeto foi mais um exemplo disso mesmo. Saúdo a forma como decorreu o debate, que possibilitou a aprovação do diploma por unanimidade”, concluiu.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO