Leilão de guitarras de David Gilmour, dos Pink Floyd, rende 21,5 milhões de dólares

0
18

Um leilão de guitarras de David Gilmour, guitarrista, cantor e compositor dos Pink Floyd, rendeu na quinta-feira uma quantidade elevada de “Money [dinheiro]” para combater as alterações climáticas.

O leilão de 120 guitarras de Gilmour, realizado pela leiloeira Christie’s, produziu 21,5 milhões de dólares (18,9 milhões de euros), que vão ser entregues à ClientEarth, uma organização que combate as alterações climáticas.

Os itens colocados a leilão incluíam guitarras Fender, Rickenbacker, Ovation, Gibson, C.F. Martin e Gretsch, estojos, um banjo e amplificadores.

Uma Stratocaster negra, com a alcunha de ‘Black Strat’, muito usada por Gilmour, foi o item leiloado pelo valor mais alto, de 3,975 milhões de dólares, estabelecendo o recorde mundial para uma guitarra vendida em leilão.

Em mensagem distribuída através da rede social Twitter, Gilmour afirmou: “Precisamos de um mundo civilizado para os nossos netos, e depois deles, no qual estas guitarras possam ser tocadas e as canções cantadas”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO