Livro ilustrado lançado no festival Montanha: “O menino que queria ver a baleia-azul a passar nos Açores”

0
35
blank
O evento de apresentação acontece online, sábado, 29 de janeiro, pelas 12h00, e o vídeo fica disponível através da página do facebook da MiratecArts. O novo livro desenvolvido na associação cultural e editado por Néveda Ent é o trabalho de Isabel Mateus, premiado pelo AnimaPIX Prémio 2021 Conto, enriquecido pelas ilustrações de Filipe Gomes.
Em “O menino que queria ver a baleia-azul a passar nos Açores” reaviva-se por certo a memória da tradicional caça à baleia praticada nos Açores que, desde o século XIX, foi o ganha-pão de muitas famílias das ilhas. E persegue-se, sobretudo, o sonho novo de um presente com futuro: a preservação das baleias através de uma observação responsável. Os sucessivos diálogos ao longo da narrativa entre o avô, que fora baleeiro no Pico, e o neto, que já nascera depois que essa faina fora proibida, em 1984, falam precisamente desse sonho do menino: ver a baleia-azul a passar nos Açores. Porém, esse desejo profundo e urgente revela-se uma façanha difícil de concretizar quando tal aventura depende do velho bote a remos do avô, das boas ou más condições climatéricas e, mormente, da dificuldade em avistar este mamífero tão raro, porque ainda em vias de extinção. De resto, foi apenas durante a terceira saída para o mar que o rapazote viu ao natural talvez o maior animal que alguma vez existiu na Terra.
Na atualidade, e antecipando-se à atividade turística “Whale Watching”, o menino, que entretanto se tornou adulto, mostra já ao leme da sua embarcação, durante a primavera e o verão, que é quando esta espécie de baleia faz a sua passagem migratória pelos Açores, a baleia-azul a todos.

“Ao ler este livro, mirei-me ao espelho do tempo. E nesse retrovisor senti-me, de novo, criança,” escreve o Diretor do Museu do Pico, Manuel Costa Júnior, na contracapa do livro. 

O livro “O menino que queria ver a baleia-azul a passar nos Açores” pode ser adquirido através da MiratecArts e nesta semana de lançamento já fica disponível nas lojas Adega das Artes, Bel´Arte e Livraria Companhia das Ilhas no Pico, na Loja do Adriano em Angra do Heroísmo, e na Livraria Letras Lavadas em Ponta Delgada. Pretende-se distribuir para outras livrarias nas próximas semanas.