“Mestre Simão” – Trabalhos de remoção do navio estão concluídos

0
198
DR

DR

O Navio “Mestre Simão”, que naufragou no dia 06 de janeiro à entrada do Porto da Madalena, foi, finalmente, removido. A referida remoção ocorreu, por completo, no passado dia 07 de julho.
Ainda sobre este acidente, o Grupo parlamentar do PSD/Açores afirma que há necessidade da existência de um estudo sobre a qualidade dos portos de passageiros da Região.

No passado dia 7 de julho deu-se por concluída a remoção do navio “Mestre Simão” que encalhou, no dia 6 de janeiro do presente ano, no porto da Madalena.
De acordo com Paulo Silva, Capitão do Porto da Horta, “no passado dia 29 de junho foi removida a última grande secção que ainda se encontrava no local do encalhe, a secção da proa. Seguiu-se depois uma fase de limpeza subaquática que se prolongou até ao dia 7 de julho, ainda que a barcaça e o rebocador tivessem deixado o porto da Madalena no dia 4”.
Refira-se que o trabalho de remoção envolveu, também, a participação de empresas especializadas no tratamento de reutilização de resíduos, tendo o grosso do material sido remetido para o continente português em diversos contentores.
De salientar que ao longo do processo de remoção o Capitão do Porto, contou com vários apoios, tais como, a Delegação Marítima de São Roque do Pico, o Comando Local da Polícia Marítima da Horta, bem como do Comando Regional dos Açores, em particular do Grupo de Mergulho Forense.

 

Relatório da Atlânticoline reforça necessidade de estudo técnico

O grupo parlamentar do PSD/Açores considera que o relatório realizado pela Atlânticoline sobre o acidente com o navio “Mestre Simão”, acentua a necessidade da existência de um estudo sobre a operacionalidade dos portos de passageiros da Região e exorta o PS a contribuir para uma discussão rigorosa.
O deputado do PSD/Açores, eleito pela ilha do Pico, Marco Costa, afirmou que os portos de passageiros “devem ser alvo de um estudo aprofundado até para identificar se esses problemas existem em outros portos dos Açores. No último mês surgiram documentos que avançam com possíveis causas, algumas delas contraditórias, deste acidente, entre os quais o relatório da Atlânticoline.”
Os deputados do PSD/Açores eleitos pelo Faial, Pico e São Jorge, entregaram, no passado mês de maio, no parlamento açoriano, um projeto de resolução através do qual recomendam ao Governo a realização de um estudo sobre a operacionalidade destes portos, prioritariamente os do Triângulo.
O deputado Marco Costa lamentou que o PS não tenha pressa em aprofundar o conhecimento técnico sobre essas questões. Segundo o deputado, “esta aparente falta de disponibilidade da maioria socialista para debater esses assuntos com clareza e responsabilidade”, ficou ainda evidente com o chumbo do PS à proposta de PSD/Açores para que fossem ouvidas “personalidades alternamente conhecedoras do mar e do canal”.
“Esta atitude do PS e dos seus deputados demonstra a forma irresponsável como o Governo Regional e o PS têm decidido muitas das obras marítimas na Região, especialmente no Triângulo, sem dar ouvidos aos verdadeiros conhecedores dos nossos mares”, concluiu Marco Costa.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!