MiratecArts apresentou na maior feira do livro infantil o AnimaPIX Prémio 2022 – Livro Ilustrado

0
76
blank
As candidaturas estão abertas para o AnimaPIX Prémio 2022 – Livro Ilustrado. Foi assim que Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, entidade promotora do AnimaPIX, começou a apresentação na Bologna Children ‘s Book Fair, a maior feira dedicada ao livro infantil.
Livros ilustrados, com primeira edição publicada entre Janeiro 2020 e Junho 2022, qualificam-se para este prémio da associação cultural. Um prémio que é dedicado ao talento açoriano, onde a ilustração é executada por um artista que nasceu ou reside numa das 9 ilhas dos Açores. Um segundo prémio é dedicado a artistas além dos Açores. O júri é composto pela madrinha do festival AnimaPIX, e a mais galardoada artista portuguesa em filmes de animação, Regina Pessoa; o artista gráfico, e colaborador regular da MiratecArts, Nelson Lopes; e, a ilustradora, artista que tem tido presença anual no Azores Fringe Festival, Inês Ribeiro.
Os prémios consistem na apresentação do trabalho e na promoção aos meios de comunicação, um convite a participar em pessoa no festival que acontece na ilha do Pico, Açores, com uma exposição no AnimaPIX e ainda 500€ para executar uma nova ilustração com o intuito de ser um futuro cartaz do festival.
Para mais informação visite www.miratecarts.com e preencha o ficheiro de candidatura disponível no site, até 1 de setembro de 2022. Finalistas serão contatados até 1 de novembro e vencedores apresentados no AnimaPIX, festival de animação na ilha do Pico, a acontecer no mês de dezembro.
Terry Costa aproveitou a passagem pela grande feira na Itália para promover os dois livros ilustrados que foram desenvolvidos pela MiratecArts, “Néveda nos Açores” (2019), ilustrado por Vera Bettencourt, e “O menino que queria ver a baleia azul a passar nos Açores” por Isabel Mateus (AnimaPIX Prémio 2021 – Conto) e Filipe Gomes.  A feira é dedicada ao mercado editorial comercial em geral, a fim de expandir o alcance, abordando um público profissional mais amplo na indústria editorial global. Depois de dois anos online, o retorno à feira viu 21,432 visitantes, incluindo mais de 1,100 profissionais de 90 países, 1070 expositores, 18 exposições e a presença de milhares de livros em dezenas de línguas.