“Olhar o Céu” trouxe conhecimento científico na área da astronomia à ilha do Faial

0
78
blank

O Município da Horta promoveu de 18 a 20 de abril o evento de Astronomia “Olhar o Céu”,
numa parceira com o Observatório Astronómico de Santana – Açores (OASA).

Uma aposta do Município, diz Carlos Ferreira, “com a disponibilização de um programa
diversificado e para toda a população faialense, que enriquece o conhecimento científico nesta área”, referiu no decorrer da sessão inaugural, que contou com a palestra e exposição do OASA intitulada “Um Céu Açoriano para 2022”.

“Na organização deste evento, celebramos a Astronomia e o seu impacto em todos os povos do mundo, mas o Município potencia também a divulgação, a sensibilização e a educação científica no âmbito de temáticas relacionadas com a Astronomia, exploração espacial e todo o conhecimento científico de que estas dependem”, referiu o Presidente da Câmara Municipal da Horta.

Durante três dias, o evento proporcionou um espaço pedagógico e de criatividade através da realização de atividades demonstrativas e experienciais com turmas do 1.o e 3.o Ciclos, do Ensino Secundário, e ainda utentes do CAO da Santa Casa da Misericórdia da Horta e do
projeto Moviment’Arte, da APADIF. Com a orientação e apoio dos técnicos do OASA, os
participantes tiveram a oportunidade de realizar várias atividades ligadas à astronomia, como a construção do planisfério, de discos de Newton, de um relógio de sol e ainda a construção de um foguetão.

Este evento decorreu no âmbito da comemoração internacional do Mês Mundial da
Astronomia, dinamizada e divulgada pela associação “Astronomers Without Borders” que
procura, durante todo o mês de abril, manter vivo o espírito de comemoração da Astronomia iniciado no Ano Internacional da Astronomia, em 2009.