Organização quer fazer do Monte Verde “um grande festival açoriano”

0
13

Realiza-se de 14 a 17 de agosto a segunda edição do festival Monte Verde, localizado no concelho da Ribeira Grande, ilha de São Miguel. De acordo com a organização estes quatro dias de festa irão proporcionar grande variedade de música e muito boa disposição.

 “A ideia de organizar o festival surgiu há algum tempo. Temos visitado as ilhas à procura de festas e apercebemo-nos que havia uma necessidade de fazer um festival de música diferente”, explicou Jacinto Franco, membro da organização.

O Monte Verde realiza-se sempre no terceiro fim-de-semana de agosto, “porque a maior parte do público-alvo são pessoas que estão a estudar no continente e geralmente tiram férias no mês de agosto”, referiu a organização, salientando que houve “a preocupação das datas não coincidirem nem com as Festas da Praia nem com a Maré de Agosto”.

Relativamente aos preços, existem dois tipos de passes gerais. Para os residentes ou naturais das ilhas dos grupos central e ocidental, até ao dia 2 de agosto o ingresso geral tem um custo de 20 euros, após essa data o preço inicial terá um acréscimo de cinco euros. O passe São Miguel tem um custo de 25 euros (valor promocional) e 30 euros, após o dia 2 de agosto, terá também um aumento de cinco euros. Os bilhetes comprados no próprio dia terão um custo de 15 euros.

Este festival irá apostar em desportos durante o dia. Tal como aconteceu na edição anterior haverá torneios de voleibol de praia, zumba e ioga. Segundo a organização grande novidade será “uma entrada radical em slide, diretamente para o recinto”. Além do desporto, o Monte Verde irá colaborar com a Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, Banco Alimentar e Canil Municipal.

Organização divulga festival pela Região

Nas ilhas do Faial, Pico e Terceira a organização do festival Monte Verde está pelas ruas, a distribuir flyers e cartazes com o programa. Na Graciosa e em São Jorge o mesmo serviço será feito por colaboradores.

No Faial os interessados poderão encontrar toda a informação sobre o evento no bar do Clube Naval da Horta e nos bares das praias.

Esta deslocação a várias ilhas pretende divulgar o Monte Verde “como um grande festival açoriano e não apenas um grande festival da ilha de São Miguel. Por isso é importante percorrer o arquipélago para promover o festival”, afirmou Jacinto Franco.

Monte Verde com muita variedade musical

No primeiro dia do festival, haverá atuações de Porter Robinson, Wolfpack e dos dj’s Katfyr, Souza, Cyberx, Hilow vs Dave Lopez e André Borges. O dia 15 será destinado a atuações de Richie Campbell, Pow Pow Movement, Orlando Santos, Dirty Skank Beats e Broad Beans. No dia 16 anoite tem início com o dj Ride, seguindo-se o dj Oder, Capitão Fausto e Anarchicks. No último dia de festival, dia 17 a noite começa com Gabriel O Pensador, seguindo-se A Armada, Trio Alcatifa, Isabel mesquita, Tape e Ishan.

O Monte Verde tem como patrocinador oficial a Heineken e o apoio do Governo Regional dos Açores, Câmara Municipal da Ribeira Grande e Moche.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO