Parque de Arvorismo em São Miguel insere-se na estratégia regional de valorização da floresta dos Açores

0
21
DR

A Diretora Regional dos Recursos Florestais afirmou hoje, em Ponta Delgada, que a instalação de um Parque de Arvorismo na ilha de São Miguel insere-se na estratégia regional de valorização, proteção e uso sustentável da floresta dos Açores.

“Este projeto privado a instalar junto à Lagoa das Furnas, no concelho da Povoação, coaduna-se perfeitamente com a estratégia regional de valorização, proteção e uso sustentável da nossa floresta, para além de lhe conferir ainda maior notoriedade, valor económico e social”, referiu Anabela Isidoro.

A Diretora Regional falava na cerimónia de assinatura do contrato para a instalação do primeiro Parque de Arvorismo nos Açores, presidida pelo Secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte.

Anabela Isidoro frisou que a floresta é um elemento estruturante da paisagem regional, ocupando um terço do território, salientando que o projeto da empresa Mystery Circle constitui mais um elemento de valorização dos usos múltiplos da floresta.

A Diretora Regional destacou ainda que se trata “um projeto amigo do ambiente, cuja pegada ecológica associada é muito reduzida”, tendo requisitos muito específicos que devem ser cumpridos, como a obrigatoriedade de utilização de materiais endógenos.

Por outro lado, adiantou que este parque irá criar até nove postos de trabalho nos primeiros três anos de funcionamento, estando a abertura prevista para 2021.

“Nos Açores estamos a ir mais além do que a simples conservação da floresta, ao apostar na gestão sustentável, na reflorestação, na certificação da madeira de criptoméria e este projeto é bom exemplo da apetência crescente que existe pela natureza e do seu enorme potencial”, afirmou Anabela Isidoro.

O Parque de Arvorismo ficará instalado num terreno da Região com 1,6 hectares, na Mata da Grená, permitindo criar um novo espaço de lazer e de usufruto da floresta na ilha de São Miguel.

Os parques de arvorismo, compostos por uma série de desafios físicos acessíveis a pessoas de várias idades, tornaram-se uma tendência mundial, acrescentando valor social, económico e ambiental aos locais onde são instalados.

Num ambiente seguro e controlado, o arvorismo possibilita a travessia de diferentes tipos de plataformas montadas entre árvores, como escadas e pontes suspensas, entre outro tipo de estruturas, proporcionando uma experiência única no seio da natureza, sem a danificar.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO