Paulo Moniz incentiva aposta de empresas em novas tecnologias promovendo exportação de produtos

0
31
blank

O cabeça de lista da AD/Aliança Democrática (PSD/CDS-PP/PPM) às eleições legislativas nacionais, Paulo Moniz, enalteceu “uma aposta clara nas novas tecnologias para as pequenas e médias empresas, visando a promoção e exportação dos produtos açorianos para mercados internacionais”, afirmou.

O candidato realçou o caso da Fat Tuna, em Rabo de Peixe, que se dedica à comercialização e exportação de pescado: “uma pequena empresa que aposta muito nas novas tecnologias, e que é um caso de empreendedorismo de sucesso, colocando nos mercados continental e até fora do país, produtos açorianos de excelência”, avançou.

“Trata-se de uma empresa jovem, que cresceu em número de trabalhadores e volume de negócios, e que usa as novas tecnologias para encurtar a distância que nos separa dos grandes mercados, onde os nossos produtos singram”, acrescentou Paulo Moniz.

“Mas a verdade é que os Açores continuam a ter um défice na capacidade de carga que vem para região e, especialmente, na capacidade de carga para exportar os nossos produtos. Trata-se de uma dimensão fundamental que é urgente melhorar”, adiantou o candidato.

“As empresas açorianas têm, já de si, de lidar com as tais dificuldades naturais da nossa dispersão geográfica e da distância aos grandes centros, pelo que não podem ter nos transportes uma dificuldade acrescida”, disse o cabeça de lista da AD/Aliança Democrática à República.

“Não se está a pedir nada de mais, apenas a criação de condições para que um empresário dos Açores não tenha mais dificuldades que um empresário de Bragança para colocar os seus produtos no mercado a que se destinam”, disse também Paulo Moniz.

“A solidariedade, em termos de coesão territorial não pode ser uma palavra vã na boca de um ministro ou de um primeiro-ministro, tem sim de se traduzir em políticas que ajudem as empresas”, concluiu o cabeça de lista da AD/Aliança Democrática.