PCP responsabiliza Governo por dificuldades nos portos do Pico

0
7

O líder do PCP/Açores, Aníbal Pires, responsabilizou na passada sexta feira, 13 de fevereiro, o Governo dos Açores pelo problemas estruturais e operacionais que o Terminal Marítimo João Quaresma e o Porto de São Roque apresentam após os avultados investimentos realizados nestes.

As deficiências estruturais no novo Terminal Marítimo da Madalena, como a divisão das áreas internas do terminal, a sala de desembarque “exígua e mal planeada”, os problemas como os cabeços de amarração que impossibilitam os novos barcos operados pela Transmaçor de acostar na nova infraestrutura e a própria arquitetura do edifício foram severamente criticados por Aníbal Pires nesta conferência que decorreu na cidade da Horta.

Relativamente ao Porto de São Roque para além de mencionar os problemas relacionados com a “acostagem e amarração dos novos navios da Atlanticoline” nas recém-construídas rampas Ro-Ro o comunista aponta o dedo ao executivo açoriano pelo facto da obra “prometida e reprometida” de construção do novo terminal continuar sem avançar, já que estão designados para aquela obra “apenas 440.000” para 2015, o que a no entender do líder do PCP/Açores se deve à intenção de fazê-lo em 2016 por ser ano de eleições legislativas regionais.

“A culpa do verdadeiro desastre em que se converteram as obras portuárias da ilha do Pico não pode morrer solteira. O PCP considera que o Governo Regional tem de extrair responsabilidades políticas em relação ao erros, atrasos, descoordenações e problemas vários que marcaram as obras portuárias na ilha do Pico e que resultaram na interrupção de serviços importantes, custos financeiros enormes e, tragicamente, num acidente mortal” sublinhou Aníbal Pires.

 “Para além do inquérito que esta a decorrer na Porto dos Açores está a decorrer um no Ministério Público uma vez que aquele acidente envolveu uma morte. Há aqui responsabilidade políticas que são necessárias apurar “ observou Aníbal Pires.

Em resposta à comunicação social o líder comunista mostrou-se ainda concordante que a criação de uma Comissão de Inquérito proposta pelo PSD/Açores com intuito de apurar responsabilidades políticas sobre o transporte marítimo de passageiros no arquipélago.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO