Política – PSD quer refeições adequadas nos estabelecimentos de ensino público do Faial

0
14
DR

DR

O PSD/Açores num requerimento entregue no parlamento açoriano, solicita ao Governo que proporcione refeições quentes e completas, em todos os estabelecimentos de ensino do Faial.
No documento os deputados do Grupo Parlamentar do PSD denunciam a maioria dos alunos do ensino público do 1º ciclo e pré-escolar da ilha, apenas têm direito a sopa, sandes e um iogurte ou peça de fruta, durante todo o ano.

O Grupo Parlamentar do PSD, num requerimento entregue esta semana na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, denunciou que as crianças que frequentam a Escola Básica e Jardim de Infância dos Flamengos, na ilha do Faial, não têm acesso a refeições adequadas no ambiente escolar.
Segundo os deputados, esta “lacuna” verifica-se também na maioria dos estabelecimentos de ensino público do 1º ciclo e pré-escolar da ilha e arrasta-se há vários anos, “sem que o problema pareça ter uma solução à vista”.
Carlos Ferreira, Luís Garcia, Maria João Carreiro, Jorge Jorge, avançam que “apenas na Escola António José de Ávila são servidas refeições quentes e completas, enquanto nos restantes estabelecimentos de ensino público do 1º ciclo e pré-escolar da ilha, os alunos apenas têm direito a sopa, sandes e um iogurte ou peça de fruta, durante todo o ano”.
Para os deputados do PSD/Açores “a situação enunciada adquire gravidade acrescida quando se sabe que, para muitas crianças desta ilha, esta seria a única refeição completa que teriam durante um dia inteiro”.
Os deputados adiantam que este problema tem constituído motivo de “grande preocupação” nos pais e encarregados de educação, por isso no seu entender, “carece de solução no imediato”, no sentido de proporcionar a todos os alunos das escolas do 1.º ciclo e do ensino pré-escolar da ilha, refeições quentes e completas, com qualidade nutritiva e em quantidade adequada, em condições de igualdade para todas as crianças”.
Neste contexto e ao abrigo das disposições estatutárias e regimentais aplicáveis, no requerimento os deputados signatários, do Grupo Parlamentar do PSD/Açores, questionam quando o “Governo pretende tomar as medidas necessárias ao fornecimento de refeições quentes e completas, com qualidade nutritiva, em quantidade adequada e em condições de igualdade, aos alunos de todas as escolas públicas do 1.º ciclo e pré-escolar da ilha do Faial” e como “justifica o Governo Regional que apenas na Escola António José de Ávila sejam servidas refeições quentes e completas, enquanto nos restantes estabelecimentos de ensino os alunos apenas têm direito a sopa, sandes e um iogurte ou peça de fruta, durante todo o ano?”