Presidente do Governo garante visitas estatutárias de proximidade e audição de pessoas e entidades

0
17
DR/GACS
DR/GACS

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, anunciou  que as visitas estatutárias arrancarão depois da votação, em parlamento, do Plano e Orçamento para este ano, e assentarão na “proximidade” e na audição de pessoas e entidades.

Garantindo que as visitas não se centrarão em anúncios ou inaugurações, o governante sublinhou que estas “serão sobretudo para audição, presença, proximidade e respeito pela intensa convicção” da coesão territorial dos Açores e da ideia de que “cada ilha vale por si”.

Nas visitas estatutárias, previstas no Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma dos Açores, o Executivo procurará ouvir os cidadãos e a sociedade civil e apresentar-se a escrutínio “quanto às expetativas e realizações” da ação executiva, acrescentou o Presidente do Governo.

José Manuel Bolieiro falava em Angra do Heroísmo, no Palácio dos Capitães Generais, após ter presidido ao Conselho de Governo.

O Presidente do Governo Regional assinalou que serão realizados frequentemente Conselhos de Governo presenciais em Angra do Heroísmo, e assinalou que quis, simbolicamente, na “centralidade” da cidade, evocar a “descentralização da ação governativa” com o anúncio do regresso das visitas estatutárias.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO