PS/Açores preocupado com ausência de estratégia para combater o abandono escolar precoce

0
26
DR/PS
DR/PS

O Grupo Parlamentar do PS/Açores manifesta a sua preocupação face à ausência de uma estratégia de combate ao abandono escolar precoce. “Importa saber se o novo executivo vai agir e vai implementar medidas de combate ao abandono escolar precoce nos Açores, para que seja possível continuar o caminho de redução da taxa de abandono verificada nas duas últimas décadas”, afirma Rodolfo Franca, na sequência de um requerimento entregue na passada segunda-feira no Parlamento Açoriano.

Para o deputado do PS/Açores é preocupante que o Programa do XIII Governo Regional não tenha “uma única referência a este assunto” e que, passados dois meses de governação, ainda se desconheça “quais são as metas concretas que o XIII Governo Regional tem sobre esta taxa e quais os objetivos definidos que se pretende atingir na redução desta taxa, nesta legislatura”. A falta de informação levou o PS/Açores a questionar o novo executivo, através de um requerimento entregue na Assembleia Legislativa dos Açores.

Rodolfo Franca sublinha a “grande importância” que este assunto tem “para o presente e para o futuro da Região”, porquanto diz respeito aos jovens entre os 18 e os 24 anos que não completaram o secundário nem obtiveram formação para integrar o mercado de trabalho. Recorda que foi uma “questão estruturante nas políticas públicas de educação na Região”. Aliás, acrescenta, que “a estratégia que foi implementada nos últimos anos, pelos Governo do PS, permitiu reduzir drasticamente a taxa de abandono escolar precoce nos Açores, passando de 60% em 1998, para 27% em 2019”.

“Este caminho consistente de redução desta taxa não pode parar nem ser interrompido”, alerta o parlamentar, realçando “a importância de aumentar os índices de qualificação da população ativa açoriana e, consequentemente, os índices de desenvolvimento dos Açores”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO