PS acusa PSD de pôr em causa aprovação do orçamento com compensações do IVA da luz

0
9
DR
O PS acusou hoje o PSD de “tremenda irresponsabilidade” e de colocar “em causa a aprovação” do Orçamento do Estado para 2020 já que a proposta para compensar a descida da luz esconde “um corte colossal da despesa pública”.

No período de debate em plenário do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na especialidade, o anúncio feito momentos antes, nos Passos Perdidos, pelo presidente do PSD, Rui Rio, sobre a substituição das contrapartidas para descer o IVA da luz gerou um momento de enorme tensão entre socialistas e sociais-democratas, com trocas de acusações de parte a parte.

“O que se está a passar esta manhã é de uma tremenda irresponsabilidade e de um gravidade sem precedente que coloca em causa a aprovação deste Orçamento do Estado”, alertou a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes.

Na perspetiva da deputada do PS, “quando o doutor Rui Rio vai aos Passos Perdidos lançar uma bomba desta gravidade, que compromete em 800 milhões o Orçamento do Estado para 2020 e se recusa a discutir aqui com os senhores deputados”, é preciso saber o que “está a esconder o PSD aos portugueses”.

“Está a esconder aos portugueses é que quer um corte colossal da despesa pública, desde logo no SNS, para compensar uma medida que sabe que não consegue aprovar aqui”, acusou.

Na primeira de diferentes réplicas, o deputado do PSD Duarte Pacheco considerou que “o desespero” e o “nervosismo” do PS “só prova” que os socialistas “nunca estiverem empenhados em baixar o IVA da luz”.

Já antes, pela voz do secretário de Estado do Orçamento, o Governo dramatizou os custos com a medida de descida do IVA na luz, estimando-os em 800 milhões de euros por ano, e acusou por cinco vezes o PSD de irresponsabilidade.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO