PS: “Aumento das pensões, complemento solidário para idosos e criação da prestação social única são prioridades”

0
29
blank

“Nós temos, no nosso programa eleitoral, uma preocupação muito grande com aqueles que são mais idosos e que estão hoje numa situação mais precária”, assegurou, esta quarta-feira, o cabeça de lista do PS/Açores à Assembleia da República, para sublinhar que o Partido Socialista apresenta três medidas fundamentais, na área da solidariedade, que pretende implementar nos próximos quatro anos.

Para Francisco César, que falava à margem de uma reunião com o Centro Social e Paroquial da Nossa Senhora de Oliveira, na Fajã de Cima, é prioridade do Partido Socialista “ajudar aqueles que já deram o seu contributo e que hoje estão numa situação mais precária”.

Destacando, assim, a importância de se proceder ao aumento extraordinário das pensões, o dirigente socialista considerou ser esta uma das medidas fundamentais para o PS, estando, inclusivamente, previsto “no Orçamento do Estado passado, que foi chumbado, o reforço das pensões”.

Na ocasião, e salientando a importância de se reforçar, também, o complemento solidário para idosos, Francisco César manifestou haver um conjunto de apoios sociais que aumentaram, sendo por isso essencial “que se aumente, também, o complemento solidário para idosos, para que aqueles que estão numa situação mais precária possam ter uma ajuda da Segurança Social”.

Ainda ao nível das medidas que o Partido Socialista apresenta no seu programa eleitoral, o cabeça de lista do PS/Açores destacou o reforço da prestação social única, por considerar que muitos idosos “que não descontaram durante a sua vida e que hoje tem pensões muito baixas, necessitam de um reforço, através de uma prestação social única para o regime não contributivo, para que possam ter um apoio também do Estado”.

Num apelo ao voto, Francisco César transmitiu ainda, sobretudo aos mais idosos, uma mensagem de segurança, ao referir que todas as condições para que possam votar foram asseguradas.

“No dia 30 de janeiro vamos ter eleições, e nós sabemos que muitas vezes a população mais idosa sente algum receio de sair à rua para poder votar, mas as autarquias fizeram um excelente trabalho de preparação das mesas de voto, de criação de condições de segurança, e por isso é seguro que votem”, assegurou o candidato do PS/Açores à Assembleia da República, Francisco César.