PS/Faial critica utilização indevida do Parlamento por parte da coligação para apresentação de candidatura autárquica

0
6
DR/PS
DR/PS

 Partido Socialista do Faial condenou, este sábado, a utilização indevida que os partidos que compõem o novo governo de coligação dos Açores fizeram da sede da Assembleia Legislativa da Região, ao utilizar o Parlamento para apresentação de uma candidatura conjunta às eleições autárquicas do presente ano.

De acordo com os Socialistas, à Assembleia Legislativa Regional compete a função de fiscalização da ação governativa, enquanto órgão representativo e legislativo da Região, “e não a sua utilização, enquanto sede partidária, por parte dos partidos que integram o governo”.

“A utilização das instalações do Parlamento regional, e em concreto a sala de Comissões, para fins partidários, por parte de uma coligação que apenas em seis meses pensa poder fazê-lo, é uma atitude lamentável e algo inédita em 45 de anos de Autonomia”, condenaram os Socialistas faialenses.

Para o PS/Faial, é igualmente lamentável que o candidato apresentado à Câmara Municipal da Horta, defensor e apregoador de independência, se tenha subjugado, agora, a outras forças partidárias.

“É no mínimo de estranhar que um candidato que sempre se apresentou como independente, surja agora, em conferência de imprensa, acompanhado pelos três líderes partidários que integram a coligação governativa na Região, para além de poder contar ainda com o apoio do Chega”, situação que leva o PS/Faial a questionar se “o Faial e os Faialenses querem este partido a influenciar o Município da Horta”.

Para os Socialistas, a resposta é clara: “O Faial e os Faialenses merecem mais e melhor!”

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO