PSD/Açores destaca investimentos estruturantes realizados na Graciosa

0
13
blank

O presidente do grupo parlamentar do PSD/Açores, João Bruto da Costa, destacou ontem os “investimentos estruturantes na ilha Graciosa que estão a ser programados e desenvolvidos pelo Governo Regional e podem realmente trazer melhorias à vida dos graciosenses”.

O deputado falava ontem à comunicação social em conferência de imprensa que serviu para efetuar um balanço das Jornadas Parlamentares que se realizaram de 27 a 29 de abril, na ilha Graciosa.

Os projetos das Termas do Carapacho, a Gare marítima de passageiros e mercadorias, a beneficiação do aeroporto da Graciosa, a mobilidade e a Baía da Barra, foram alguns dos investimentos em avaliação pelos deputados do PSD/Açores.

João Bruto da Costa realça desde logo “o projeto que foi inscrito no presente Plano e Orçamento e está a ser melhorado para a ampliação das condições de oferta de turismo termal na Graciosa, com a construção da piscina exterior com água termal que oferecerá condições excelentes para essa diferenciação da ilha Graciosa, aliado à saúde”.

O líder parlamentar apontou também a importância do projeto da gare marítima de passageiros e carga, investimento que considera “importantíssimo para a ilha”, apresentado pela direção da Portos dos Açores.

De entre o conjunto de investimentos estruturantes, o deputado do PSD/Açores salienta igualmente o projeto de “ampliação, alargamento e iluminação da pista do aeroporto da Graciosa, que vai permitir uma maior janela de operação da SATA e das condições necessárias e apontadas pela entidade europeia para os atuais equipamentos da companhia aérea”. Isto a par da construção da nova aerogare que se encontra em processo burocrático, “mas esperançosos que possa em breve começar”, salvaguardou.

Contudo, o parlamentar não esquece ainda “os problemas que se encontram por resolver”. Trata-se do caso concreto dos transportes. “Houve iniciativas do Governo Regional que permitiram melhorar a mobilidade dos Graciosenses, desde logo com a ‘Tarifa Açores’, como também o aumento do número de lugares e de voos para a Graciosa na época alta, passando a três voos diários durante o verão: dois para São Miguel e um para a Terceira”, sublinhou João Bruto da Costa.

“Continuamos ainda com bastantes queixas ao nível dos transportes marítimos de mercadorias. Sabemos que na época alta os aviões trazem mais passageiros, no entanto, a capacidade de transporte de carga fica assim reduzida, uma preocupação que desejamos que o Governo Regional não deixe de ter em atenção. Há aqui uma necessidade de haver uma aposta num modelo de transportes que sirva para aquele que é o desígnio inscrito no Programa do Governo, assente num verdadeiro mercado interno regional que favoreça toda a economia dos Açores”, ressalva o líder da bancada parlamentar social-democrata.

Por outro lado, reforça que “não podemos esquecer ainda um problema que nos foi deixado pelo Governo socialista e exige resolução, determinação e alguns cuidados, que tem a ver com a utilização e a transformação da Baía da Barra, em zona de recreio náutico. Essa é uma aposta da qual não desistimos. Sabemos é que nos foi deixado um problema muito sério para resolver e não podemos ignorar que este problema custa 7 milhões de euros. Portanto, tem de ser resolvido com empenho pelo Governo Regional com os parceiros envolvidos nesta matéria”.

Refira-se que o grupo parlamentar do PSD/Açores retomou esta semana o modelo de Jornadas Parlamentares, anterior à pandemia por COVID-19, começando pela ilha Graciosa. “Foi muito importante para nós para tomarmos o pulso daquilo que é realidade local, os anseios das populações e o que evoluiu de forma positiva”, rematou João Bruto da Costa