PSD/Açores diz que Vasco Cordeiro cedeu à tentação fácil da demagogia política

0
26
DR/PSD
DR/PSD

O deputado do PSD/Açores Carlos Ferreira afirmou hoje que o presidente do grupo parlamentar socialista, e anterior presidente do governo, “cedeu à tentação da demagogia política, com as propostas de alteração apresentadas pelos socialistas ao Plano e Orçamento da Região para 2021 (PO2021)”.

“Há pouco mais de uma semana, o Dr. Vasco Cordeiro acusou o novo governo de colocar em perigo a sustentabilidade financeira dos Açores com os projetos inscritos no PO2021”, adiantou.

“Hoje, cedeu à tentação partidária de apresentar propostas de alteração que não podem ser executadas e que, essas sim, agravariam em muito as contas regionais”, declarou o parlamentar.

Carlos Ferreira explicou que “o Partido Socialista apresenta propostas que chumbou há um ano atrás, e que sabe que não podem ser executadas este ano”, disse.

“Neste momento crítico que atravessamos, quando a Região precisava de uma oposição responsável e coerente, vemos o Dr. Vasco Cordeiro a ceder à mais pura demagogia. Perde o PS, perde esta assembleia. Mas perdem sobretudo os açorianos”, disse.

O PO2021 contempla medidas como a diminuição dos impostos nos Açores, a implementação da Tarifa Açores – com 60 euros de preço máximo nas viagens interilhas -, ou o aumento do complemento regional ao abono de família, da compensação diária aos doentes deslocados, do COMPAMID.

Visa ainda um aumento sem precedentes do complemento regional de pensão, conhecido por cheque pequenino, conforme foi já noticiado pelo PSD/Açores e pelos partidos da coligação.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO