PSD/Faial – Plano e Orçamento para 2019 beneficia juntas de freguesia

0
13
DR

DR

O PSD/Faial congratulou-se com a participação na discussão do Plano e Orçamento da Câmara Municipal da Horta para 2019, sobretudo no tema das juntas de freguesia que foram beneficiadas.

Na passada semana, o PSD/Faial emitiu um comunicado de imprensa onde se congratulou pela a sua atuação na discussão do Plano e Orçamento (PO) da Câmara Municipal da Horta para 2019.

Para os sociais-democratas “as juntas de freguesia do concelho e os faialenses saíram claramente beneficiados pela ação da oposição, que obrigou a maioria socialista a ceder e a dialogar, para ver aprovados os documentos”.

A comissão política de ilha recorda a “anunciada intransigência da equipa que governa a câmara, ao anunciar previamente que não iria ceder um milímetro sequer às exigências da oposição”, pelo que os vereadores da oposição votaram contra os documentos orçamentais do município, na reunião de 29 de outubro.

No decorrer da sessão da Assembleia Municipal, o grupo municipal do PSD deu ainda claros sinais de que a teimosia política do Presidente da Câmara e dos vereadores do PS levaria à reprovação dos documentos naquele órgão.

A comissão política de ilha presidida por Carlos Ferreira sublinhou que os argumentos da oposição e o apelo ao bom senso imperaram e determinaram a construção de uma solução, “o que permitiu que o município não ficasse prejudicado pela falta de capacidade para dialogar da maioria socialista”.

Segundo os sociais-democratas, com o recuo do PS, o PO “foram viabilizados, numa clara demonstração do princípio que deve nortear a atividade política: colocar sempre o interesse dos cidadãos e do Faial em primeiro lugar”.

Assim, esta solução e em especial no que respeita ao Fundo de Apoio ao Investimento nas Freguesias permitem que as juntas de freguesia acedam “a verbas que têm ficado retidas pelo município, e que a partir de agora poderão ser investidas nas suas freguesias, beneficiando a população e as instituições locais”, afirmam.

O PSD/Faial lembra que “os resultados das últimas eleições autárquicas deram um mandato de responsabilidade e de procura de soluções entre o órgão executivo e o órgão deliberativo, que o PSD está disposto a honrar, mas isso exige da bancada do PS e da Câmara igual vontade e disponibilidade”.

“Agora é tempo de diálogo, de modo a que, no próximo ano, se disponham, com tempo e abertura, a construir as soluções de compromisso que o Faial exige e os faialenses merecem”, concluem.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!