Publicados incentivos à manutenção de paisagens tradicionais da cultura da vinha

0
8

Foi ontem, dia 15 de dezembro, publicado em Diário da República, o novo sistema de incentivos à manutenção de paisagens tradicionais da cultura da vinha em currais e socalcos e de pomares de espécies tradicionais situados em áreas de paisagem protegida.

Além destes incentivos à continuação da exploração vinícola no Pico, os currais de figueira, que se situam em área classificada como Património Mundial, são também agora elegíveis para a concessão de apoios bem como os pomares de espécies tradicionais em produção, em currais e socalcos, que se encontrem em “áreas de paisagem protegida e em fajãs costeira, integradas nos parques naturais de ilha e reservas da biosfera”, anunciou o Governo Regional.

O máximo que cada produtor pode receber são 2350€ anuais por hectare, estando aberto a partir desta data e durante 30 dias, o período de candidaturas para os contratos de manutenção que tenham inicio em 2015.

O Executivo pretende com esta medida estimular a cultura da vinha e os pomares de espécies tradicionais, que consideram parte importante do património graça à sua “relevância na paisagem, para o biodiversidade e para o equilíbrio ecológico, permitindo igualmente a dinamização económica das atividades produtivas tradicionais, com vista à criação de mais emprega e riqueza na região”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO