Região atravessa tempos difíceis fruto do desgoverno praticado pelo atual Governo Regional, alerta João Bettencourt

0
19
blank

João Bettencourt, evidenciou, este sábado, os tempos difíceis que a Região atravessa, resultado, “do desgoverno praticado pelo atual Governo Regional, de que são vários os exemplos em diversas áreas da nossa Região”.

Intervindo na sessão de abertura do XVIII Congresso Regional do PS/Açores, que decorre na cidade da Horta, o presidente da Comissão Organizadora, mas também secretário coordenador do PS/Faial, salientou que assistimos, agora, “a uma total destruição do trabalho que ao longo de vários anos foi desenvolvido pelos Governos responsáveis do Partido Socialista”.

Na reunião magna dos socialistas Açorianos, que decorre na Sociedade Amor da Pátria, “sede da primeira Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores”, João Bettencourt referiu ser este o espaço para se debater o futuro da Região, destacando ser o momento de “expressar as nossas ideias, criticar aquilo que temos de criticar e dar os melhores contributos para que o Partido Socialista saia daqui fortalecido e de mangas arregaçadas para os combates que se avizinham”.

A este propósito, o socialista mencionou os sinais preocupantes que merecem especial atenção, para referir que “investimentos que antes eram reivindicados, hoje tornam-se esquecidos ou não são mencionados com a premência que eram mencionados anteriormente e, no caso particular da ilha do Faial, existem claríssimos exemplos, como é o caso da ampliação e reordenamento do Porto da Horta”.

Mas, segundo refere, é ainda motivo de preocupação o esvaziamento político a que temos vindo a assistir e que “se antes era motivo de crítica, hoje “são sucessivos os exemplos de que este Governo está mais preocupado com problemas internos do que em resolver problemas da nossa Região”.

Acrescem ainda outros aspetos preocupantes, “que tem a ver com a censura e com a perseguição a vários funcionários da nossa administração pública, para além de atitudes que poderei designar de pidescas e que nos trazem memórias preocupantes e que não queremos que se voltem a repetir na nossa Democracia e para a nossa Liberdade”.

Segundo o presidente da Comissão Organizadora do XVIII Congresso Regional do PS/Açores: “a Região precisa do Partido Socialista, precisa de um Governo liderado pelo Partido Socialista e por Vasco Cordeiro, precisa de um Governo responsável e que retome as medidas necessárias para o desenvolvimento dos Açores”.