Requalificação da entrada poente da Covoada, em S. Miguel, melhora segurança na estrada regional

0
14
DR/GACS
DR/GACS

O Diretor Regional das Obras Públicas e Comunicações afirmou hoje, em Ponta Delgada, que o Executivo “continua empenhado em reforçar as condições de segurança na rede viária regional, através de diversas intervenções, promovendo a segurança e fluidez de trânsito”.

Frederico Sousa, que falava no final de uma visita às obras de requalificação da entrada poente da Covoada, salientou que esta “intervenção na zona do Cruzamento das Encruzilhadas permite dar resposta ao elevado fluxo rodoviário nesta zona, simultaneamente garantindo melhores condições de segurança”.

A empreitada, que está em fase de conclusão, foi desenvolvida por administração direta e incluiu a construção de uma rotunda e o reperfilamento da estrada, bem como a restauração de um bebedouro e reservatório em pedra anteriormente existentes no local.

A intervenção representa um investimento de cerca de 150 mil euros, com um prazo de execução de 90 dias.

Frederico Sousa referiu que esta empreitada, a par dos melhoramentos que irá permitir na circulação neste troço da Estrada Regional, trará benefícios “não só a este acesso à freguesia da Covoada, como também na sua ligação às Sete Cidades”.

À margem da visita, o Diretor Regional apresentou ao executivo da Junta de Freguesia o projeto do novo arruamento e de reformulação do entroncamento da Estrada Regional com o loteamento da Covoada, que prevê a criação de um arruamento que ligará a Rua Humberto Correia de Sousa à Estrada Regional.

Este novo arruamento terá seis metros de largura, 65 metros de extensão e dois sentidos, permitindo assim melhores acessos ao loteamento da Covoada.

O entroncamento atualmente existente passará a permitir apenas a saída da Estrada Regional, sendo que a entrada far-se-á apenas pelo novo arruamento, permitindo viragens à esquerda e direita.

A intervenção a executar contemplará ainda melhoramentos nas zonas pedonais existentes e a criação de novos passeios, com ligação do loteamento à Estrada Regional, permitindo ainda a ligação pedonal entre esta zona e a zona urbana mais a norte da freguesia.

O canal de águas pluviais será coberto com recurso a lajetas pré-fabricadas de betão armado e será ainda construído um muro em alvenaria de pedra seca para delimitar o novo arruamento e o passeio dos terrenos adjacentes.

O custo estimado desta intervenção é de 55 mil euros, com um prazo de execução de dois meses.

O Diretor Regional adiantou que “com mais esta intervenção de melhoria das condições de circulação, junto a um dos maiores bairros da freguesia da Covoada, através da criação de uma ligação entre a Estrada Regional e esta zona habitacional, será possível reforçar a segurança da circulação rodoviária e pedonal na ligação com a Avenida 6 de Janeiro e a Rua Humberto Correia de Sousa”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO