RTP/Açores – Paulo Moniz questiona Ministra sobre a futura reestruturação do centro regional

0
37
DR/PSD
DR/PSD

O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República Paulo Moniz questionou a Ministra da Cultura sobre a reestruturação do centro regional da RTP/Açores e defendeu a contratação efetiva de correspondentes a tempo inteiro nas seis ilhas do arquipélago que não têm centros de produção.

Em audição à Ministra da Cultura, o social democrata quis saber se vai haver uma nova política de recursos humanos, no âmbito da reestruturação e renovação do Centro Regional dos Açores, “um processo plasmado nas linhas de orientação estratégica emanadas do conselho geral independente para 2021/2023”, adiantou.

“Espera-se que o novo conselho de administração da empresa, que vai tomar posse em breve, tenha isso em conta”, disse Paulo Moniz, que considera fundamental a capacitação digital dos recursos humanos afetos ao canal para tirar maior proveito dos investimentos e modernização técnica realizada”.

O deputado do PSD realçou o importante papel que a RTP/Açores tem “na continuidade territorial do arquipélago, na identidade da comunidade açoriana dentro de cada ilha e para fora delas, e mesmo na própria assunção de uma matriz identitária portuguesa”.

E explicou a Graça Fonseca que, ao longo dos anos, nas ilhas onde não existem centros de produção, a presença da RTP/Açores funcionou “com os chamados correspondentes à peça, ou seja, colaboradores em part-time, que elaboravam as reportagens, num trabalho essencial para as várias ilhas da Região”.

Paulo Moniz lembrou igualmente que, num investimento digital recente, “a RTP/Açores ficou dotada de meios técnicos que mudaram completamente a sua capacidade de produção, em todas valências, tendo também havido vários funcionários que terminaram as suas carreiras. Daí também a questão colocada”, concluiu.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO