Ryanair avança com ‘lay-off’ em Portugal a partir de 01 de abril

0
13

A Ryanair vai avançar com o ‘lay off’ simplificado, considerando o recurso à medida “indispensável para a manutenção da viabilidade e preservação dos postos de trabalho”, de acordo com informação enviada aos sindicatos pela sucursal em Portugal.

Segundo a comunicação aos sindicatos relativamente à aplicação da medida de ‘lay-off’ simplificado (que permite a redução temporária do período normal de trabalho ou a suspensão de contrato de trabalho), “a empresa manterá uma disponibilidade de trabalho mínima para assegurar alguns serviços administrativos e manutenção de tarefas essenciais, mas naturalmente aplicará a medida de suspensão à maioria dos seus trabalhadores e a redução de horário de trabalho a quase todos os demais”.

“Prevemos que esta medida possa ter a duração de dois meses, sendo que a empresa tudo fará para encurtar este período, iniciando-se previsivelmente no dia 01 de abril de 2020”, refere a mesma comunicação aos sindicatos, no dia em que os trabalhadores começaram a ser notificados.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO