Santo Amaro, a freguesia açoriana mais criativa per capita

0
294
DR
O programa Visitarte da MiratecArts aconteceu no passado fim de semana na freguesia de Santo Amaro, ilha do Pico, com eventos abertos ao público, em geral, e ainda momentos em que o diretor artístico, Terry Costa, visitou espaços privados a convite dos seus residentes. 
“Sem dúvida nenhuma que esta pequena freguesia, em população, é das mais criativas per capita na nossa região” afirma Terry Costa.
A terceira edição do Visitarte arrancou com a inauguração de uma escultura dos Sorrisos de Pedra de Helena Amaral na entrada do novo Restaurante Magma, na zona da Terra Alta, seguindo-se uma visita pelo empreendimento Lava Homes. O jantar foi abrilhantado pelos músicos Laurindo Cardoso e José Fontes, da Casa da Música da Candelária. 
Visitas à Escola de Artesanato de Santo Amaro, ao Artesanato de Vimes de José Morais, à oficina de António Carlos Melo, que está a construir mais um moinho de vento, à oficina de João Alberto com seus modelos de barcos de outras eras, a Loja da Margarida com seus trapos loucos e ainda casas privadas para conversas acompanhadas de bons chás de ervas aromáticas preencheram um dia que devia ter tido mais horas.
O programa de sábado incluiu visitas ao Apartamento Melo e a Adega Baia do Canto antes dos eventos públicos, ao final do dia. Na Adega do Canto, parte do grupo Casas Goulart,  Mónica Goulart, acompanhada por família, trouxe a Viola da Terra para o convívio. E, a encerrar a noite, com casa cheia na Adega da Varanda Alta, a deputada regional e presidente da Junta de Freguesia de Santo Amaro, Marta Matos, partilhou poesia do livro INPICO por José Efe. 
 
Entre amigos, vizinhos, visitantes e família, o Visitarte assim destacou a freguesia de Santo Amaro na ilha do Pico. “Este programa é uma oportunidade de nos conhecermos um pouco melhor, conhecer os empreendimentos, que devemos promover a quem nos visita e, entre bom convívio, conhecer artistas ou os seus trabalhos de uma forma informal,” diz Terry Costa. “Agora desafiamos outra freguesia e seus empresários para se juntarem e participarem com a MiratecArts, para construir o próximo Visitarte.”  Em 2020 há planos para mais e o desafio será o de continuar a destacar uma freguesia por ano. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO