Secretaria Regional da Cultura, da Ciência e Transição Digital promove concerto “A Flauta e Baixo Contínuo”

0
20

A Secretaria Regional da Cultura, da Ciência e Transição Digital, através da Direção Regional da Cultura (DRC), promove no próximo sábado, 19 de junho, a partir das 20h30, na RTP Açores, a emissão do concerto “A Flauta e Baixo Contínuo”, pelos músicos Rodrigo Lima (flauta transversal), Orest Grytsyuk (violoncelo) e Gustaaf Van Manen (cravo), com transmissão no dia seguinte, 20 de junho, pelas 21h00, na página de Facebook da DRC (www.facebook.com/culturacores).

O concerto de música barroca, integrado na Temporada Cultural 2021, assenta no baixo contínuo, ou baixo cifrado, estrutura fundamental que consiste na base sonora sobre a qual os instrumentos solistas, tais como violoncelo, viola da gamba ou fagote e cravo ou órgão, e em particular estes últimos dois, de tecla, produzem acordes que são indicados através de cifras.

“A Flauta e Baixo Contínuo”, que conta com obras de Bach, Händel, Sweelinck e Telemann, foi gravado no Museu de Angra do Heroísmo.

Rodrigo Manuel dos Santos Lima, natural da Praia Vitória, da ilha Terceira, licenciado em Instrumentista de Orquestra, na especialidade de Flauta Transversal, pela Academia Nacional Superior de Orquestra, na Classe de Flauta do Professor Nuno Inácio, é atualmente professor deste instrumento na Escola Francisco Ornelas da Câmara, na Praia da Vitória.

Na sua atividade musical destacam-se recitais com guitarra clássica, piano e concertos com a Orquestra do Teatro Angrense, Sexteto do Teatro Angrense, Lira Açoriana, Orquestra Juvenil da Terceira, como solista, Orquestra Sinfónica Juvenil de Lisboa, Horta Camerata, Orquestra Angra Jazz e Orquestra Académica Metropolitana de Lisboa. Foi músico convidado da Orquestra Metropolitana de Lisboa. O professor efetuou ainda masterclasses com Nuno Inácio, Claudi Arimani e Trevor Wye.

Gustaaf Robert van Manen, nascido na Holanda, licenciou-se em pedagogia da música e piano, concluiu o curso de bibliotecário em Utrecht – especialização na área da música – , e trabalhou na área de editores da música em Berlin e Frankfurt, Alemanha.

Após radicar-se, em 1980, nos Açores, foi professor convidado no Conservatório Regional de Ponta Delgada, onde fundou o Coro deste Conservatório; trabalhou como professor no Conservatório Regional de Angra do Heroísmo (CRAH); lecionou a disciplina de pedagogia da música no curso para professores de Ensino Básico e Educadores de Infância na Universidade dos Açores; e já realizado inúmeros concertos em todas as Ilhas do arquipélago, Portugal continental e no estrangeiro como pianista, organista e cravista, este último, instrumento de eleição.

Orest Grytsyuk, natural da Ucrânia, tem conferidas as qualificações de concertista, solista de música de câmara, solista de orquestra e professor, e iniciou sua atividade profissional no Instituto Superior de Música na Faculdade de Música de Câmara e Quarteto de Cordas da cidade de Lviv. Durante essa época, participou em várias tournées, como membro de Quarteto de Cordas pela Suécia, Polónia, ex-Jugoslávia, ex-Checoslováquia e Hungria.

O músico e professor chegou à Região, em 1995, a convite da Secretaria Regional da Educação, dando início à atividade de professor de violoncelo no CRAH, colaborando, desde então, em variados conjuntos instrumentais, concertos, recitais e outros eventos culturais na Terceira e nas restantes ilhas dos Açores.

A Direção Regional da Cultura informa que estes e outros eventos estão disponíveis para consulta na Agenda Cultural do Portal Cultura Açores, no seguinte endereço eletrónico: www.culturacores.azores.gov.pt.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO