Socialistas defendem que Plano para 2016 fortalece os apoios sociais nos Açores

0
12

O Grupo Parlamentar do PS defendeu esta terça-feira que os apoios sociais voltam a ser uma das prioridades do Governo dos Açores no Plano e Orçamento para 2016 e sublinhou os aumentos que estão previstos.

A posição foi manifestada por Renata Correia Botelho, que falava na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, onde serão aprovados os principais documentos orientadores da governação para o próximo ano.

“O Governo Regional mantém e fortalece os apoios sociais, quer através do COMPAMID, que tem facilitado aos idosos a aquisição de medicamentos, quer por via do complemento regional de pensão e do complemento regional ao abono de família – ambos reforçados em 2016 –, quer ainda através do Complemento Especial para o Doente Oncológico” afirmou a deputada.

De acordo com Renata Correia Botelho, embora ainda estejam presentes na população Açoriana “os efeitos nefastos” da austeridade aplicada nos últimos anos pelo Governo da República, o trabalho regional tem sido de reposição, dando como exemplo o “acréscimo global de cerca de 20% das políticas direcionadas para a área da Solidariedade Social”.

Ao nível de investimento, a deputada socialista lembrou os investimentos previstos em todo o arquipélago, exemplificando com a “remodelação da creche ‘O Castelinho’ na Horta, a requalificação de Lar de Infância e Juventude na Praia da Vitória, a reabilitação de edifício para Centro de Apoio à Deficiência, a construção de cozinha afeta ao Serviço de Apoio ao Domicílio da Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa, a requalificação do serviço de Apoio ao Domicílio do Corvo e de Santa Cruz das Flores, a prossecução da Rede de Cuidados Continuados dos Açores e um conjunto de apoios a projetos de intervenção social”.

A deputada salientou ainda a aposta no “Programa de Apoio Dirigido ao Cuidador”, frisando que desta forma o Governo dos Açores garante uma “diferenciação das respostas: por um lado, alargando e melhorando a rede de Lares da Região, procurando sempre melhorar a qualidade dos serviços prestados e, por outro, tudo fazendo para que os idosos possam manter-se nas suas casas e na comunidade a que pertencem”.

 “A área social  e a melhoria das condições de vida daqueles que se encontram em situações mais frágeis representa uma inequívoca prioridade do Governo dos Açores. Como fica claro, não só deixamos ninguém para trás, como tudo faremos para garantir um verdadeiro passo em frente, seguro e consequente, a quem, por motivos vários, se encontra numa caminhada vacilante”, referiu Renata Correia Botelho.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!