Sónia Soeiro vence segunda fase do concurso “Use&Abuse”

0
22
DR/Gacs

Sónia Patrícia Guimarães Soeiro é a vencedora da segunda fase do concurso criativo “Use&Abuse”, destinada à apresentação de ideias para novas aplicações de fibras.A concorrente, designer industrial de profissão no estúdio Christian Hass, apresentou a ideia “Escova de Dentes”, feita a partir da fibra do ananás e da conteira.

Num contexto social em que a preocupação com o meio ambiente é perseverante, assim como a consequente busca por novas opções sustentáveis, Sónia Soeiro apresentou uma ideia que pretende servir de alternativa ecológica às habituais escovas de dentes de plástico, aproveitando os materiais naturais biodegradáveis abundantes nos Açores.

Inovação, impacto do projeto para a Região, potencial do produto e sustentabilidade foram os critérios que levaram a ideia da designer a destacar-se dos restantes projetos apresentados, tendo sido eleita pelo júri como a vencedora da segunda fase do concurso, que poderá agora ver a sua ideia tomar forma.

A avaliação e eleição ficou a cargo de uma equipa de quatro jurados, de reconhecida competência e idoneidade, nomeadamente um representante do LREC, um representante do CIMPA – Centro Inovação de Materiais Produtos Avançados, um dos parceiros desta iniciativa e especializado na área, um representante da Câmara do Comércio de Ponta Delgada e um representante da SDEA – Sociedade de Desenvolvimento Empresarial dos Açores.

O júri decidiu ainda atribuir uma menção honrosa à ideia “Conta-gotas”, de Ana Rita Campos e Sónia Domingos, que visa transformar a conteira, uma planta invasora, e excedentes do trabalho com madeiras num painel biocompósito sustentável.

Ana Rita Campos e Sónia Domingos, propõem-se, através desta ideia, responder à necessidade de controlo da proliferação de plantas invasoras, reaproveitando aparas de madeira e águas pluviais como contributo para a biodiversidade.

Terminadas duas fases do concurso criativo “Use&Abuse”, uma iniciativa da Plataforma de Indústria Criativa dos Açores (PICA), e conhecidos os respetivos vencedores, segue-se agora a penúltima fase, dedicada aos solos.

Até 28 de março, estão abertas candidaturas para a apresentação de novas aplicações para a pozolana e a pedra-pomes.

Qualquer interessado pode participar, a título individual ou coletivo, podendo o vencedor ver o seu projeto tomar forma e ser comercializado.

 

 

 

Sem vírus. www.avast.com

[Mensagem reduzida]  Ver toda a mensagem

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO