“Sou piloto, mecânico, treinador, nutricionista, contabilista e muito mais…”

0
235
blank

Depois de um interregno devido à pandemia de Covid-19, o melhor do Motocross açoriano regressou, com o arranque do Campeonato Regional da modalidade, onde o número de pilotos participantes em todas as provas superou as expectativas, mostrando que o Motocross está bem e de “saúde” na Região.
Não fugindo à regra, na ilha do Faial, a modalidade, depois deste interregno, parece que veio para ficar de “pedra e cal”, com o número de pilotos a crescer em todos os escalões, inclusive na formação, o que cria grandes expetativas para o futuro do motocross na ilha.
Fruto deste crescimento vieram os resultados, com o Faial a ter dois campeões regionais, nas classes MX1 e Veteranos e MX50 (formação).
O Tribuna das Ilhas esteve à conversa com Duarte Silveira, vencedor nas classes MX1 e Veteranos, que nos falou um pouco sobre o atual momento da modalidade na ilha e na região e as dificuldades que a maioria dos pilotos atravessam por falta de apoios.

 

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura