Terceira – AIR Centre com número crescente de instituições de vários países como parceiros

0
12

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia destacou ontem, na ilha Terceira, no âmbito da visita estatutária do Governo à ilha, a “crescente dinâmica” do Atlantic International Research (AIR) Centre, considerando “o aumento do número de projetos em curso e de países envolvidos, bem como de parcerias com outras instituições na região e no país”.

Gui Menezes falava no TERINOV – Parque de Ciência e Tecnologia da Ilha Terceira, em Angra do Heroísmo, no final de uma reunião com o novo Diretor Executivo do AIR Centre, Miguel Bello, e com vários elementos da equipa de investigadores baseada na Terceira, composta por sete recursos humanos e orientada para o desenvolvimento de atividades de observação da Terra.

O Secretário Regional adiantou que o Laboratório de Observação da Terra, do AIR Centre, sediado no TERINOV, “vai ter, até ao final deste ano, nove recursos humanos baseados a 100% na ilha Terceira”.

Segundo Gui Menezes, “é expectável que sejam contratados mais dois recursos humanos, um para o projeto MAGAL, financiado pelo PO Açores 2020, no âmbito da FLAGSHIP do MIT Portugal para o desenho de uma constelação de satélites, e outro para o projeto ASTRAL, para o desenvolvimento de uma aliança para a área da aquacultura, financiado pelo programa Horizonte 2020”.

O Secretário Regional destacou ainda “o início do desenho de uma constelação de satélites de observação da Terra, envolvendo alguns dos países que integram o AIR Centre”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO