Tiago Branco defende medidas para aproximar os jovens da participação cívica

0
5

Tiago Branco, vice-presidente da Juventude Socialista Açores e Secretário-coordenador da JS/Faial, considerou que o alheamento dos jovens da intervenção cívica e política é um problema central na sociedade.

O Secretário-coordenador que falava no XVI Congresso Regional do PS/Açores realçou que “uma sociedade sem a devida integração dos seus jovens é, por isso, uma comunidade em declínio. O esforço a investir na participação cívica e política dos jovens é fundamental e prioritário para a JS/Açores. É uma batalha constante e irrenunciável, em que cada passo em frente é uma grande vitória”.

Lê-se em comunicado que Tiago Branco apresentou a moção sectorial “Participação Cívica e Política”, em nome do Secretário Regional da JS/Açores, e afirmou que “ a JS/Açores tem assumido a credibilização da vida politica como um princípio fundamental e, ao longo da sua história, tem assumido a responsabilidade de liderar o desafio de promover a integração dos jovens açorianos no processo de debate, proposição e decisão política”.

O líder da JS/Faial apresentou várias propostas para melhorar a participação cívica e combater o afastamento dos jovens dessa mesma participação, propôs a implementação do Orçamento Participativo dos Jovens dos Açores, a implementação do voto eletrónico, abrir debate sobre o Voto Obrigatório e ainda a implementação da iniciativa “ Escola da Política”.

As propostas apresentadas são direcionadas para jovens, do 2ª ciclo ao ensino secundário, e passam por eventos de debate e de votações online a campos de férias promovidos pela DRJ direcionados à participação cívica dos jovens. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO