Três maiores orçamentos de sempre do setor são do Governo da Coligação

0
18
blank
DR

A deputada do PSD/Açores Ana Quental destacou hoje que os três maiores orçamentos de sempre da Saúde na Região “foram deste Governo da Coligação (PSD, CDS-PP e PPM)”, provando que o setor está a ser “uma prioridade efetiva da sua governação”.

A social-democrata falava durante a discussão do Orçamento para 2023, onde reforçou que “a Saúde açoriana disporá de 375 milhões de euros, ou seja, 25% do total do Orçamento da Região, sendo que o Plano de Investimento previsto é de 57 milhões, para além dos 5 milhões de euros para obras públicas com impacto direto no setor”.

“Tudo numa perspetiva que assenta no compromisso e na realização, como se vem provando, face à herança recebida por este governo, numa área marcada pela falta de recursos humanos e de material, por infra estruturas degradadas e equipamentos obsoletos, e recentemente agravada pela incerteza da duração da pandemia”, adiantou.

“Desde o início da legislatura que este Executivo se comprometeu com os açorianos de que a Saúde seria uma prioridade da sua governação. E tem cumprido”, disse Ana Quental, lembrando a capacitação dos recursos humanos, feita “de forma séria e responsável”.

“Este Governo já contratou cerca de 445 trabalhadores, e vai continuar em 2023 a criar incentivos à fixação de profissionais, o que já fez na Carreira Médica e vai fazer na Carreira de Enfermagem”, recordou.

“Este Governo comprometeu-se, e cumpriu, na execução de um plano de pagamento às carreiras da saúde, reunindo consensos em tempo recorde com os farmacêuticos, os TSDT e os enfermeiros, num plano que implica um esforço financeiro de 13 milhões de euros e que abrange 1768 profissionais de saúde”, explicou Ana Quental.

No que se refere à acessibilidade aos serviços de saúde, “a deslocação de especialistas às ilhas sem hospital é uma realidade inegável e, em 2021, foram efetuadas 11 mil 244 consultas de especialidade. Mais 4503 que em 2020; mais; mais 1181 que 2019 e mais 1371 que em 2018, que foram anos sem pandemia”, elencou.

Ana Quental versou ainda outras ações do atual executivo, como “o aumento do subsídio de deslocação dos profissionais de saúde em regime de trabalho normal, medida que tem permitido levar aos açorianos das ilhas sem hospital cuidados de saúde especializados e diferenciados”.

“Mas foi também este Governo a aumentar a diária dos doentes deslocados e acompanhantes em 15% – que não era atualizada desde 2018 -, assim como aconteceu com o complemento especial para o doente oncológico, em mais dois compromissos cumpridos”, concluiu a deputada do PSD/Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!