TSD destacam sucesso do Governo açoriano na descida do desemprego

0
14
blank

Os TSD/Açores regozijaram-se hoje com a acentuada redução da taxa de desemprego na Região que, segundo os dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), desceu para 6,6% no primeiro trimestre deste ano, que é o terceiro valor mais baixo da última década.

A informação do INE confirma que os Açores deixaram de ser a região do país com a taxa de desemprego mais elevada, agora ultrapassados por Lisboa (6,8%), Algarve (7%) e Madeira (7,5%), regiões de grande pendor turístico.

Para Joaquim Machado, presidente daquela estrutura autónoma do PSD/Açores, os valores registados “comprovam o acerto das medidas de emprego empreendidas pelo Governo Regional da Coligação e, sobretudo, a retoma da atividade económica nos Açores, para níveis anteriores à pandemia”.

De facto, assinala aquele dirigente social-democrata, de dezembro a março “verifica-se que são menos dois mil açorianos desempregados, ou seja, menos 20%, e que o número de empregados é idêntico ao mesmo trimestre de 2019, quando não havia pandemia, nem o impacto de uma guerra, e o turismo registava o seu melhor ano na Região e no país”, adiantou.

O bom desempenho do mercado de emprego nos últimos três meses, diz Joaquim Machado, verifica-se quando também se assiste à diminuição do número de açorianos integrados em programas ocupacionais, comprovando o que os TSD/Açores sempre disseram sobre estes programas, “que a sua existência só se justifica quando a economia não é capaz de gerar emprego”, concluiu.