Início Notícias Regional Viola da Terra aqueceu Corações no “Arquipélago”

Viola da Terra aqueceu Corações no “Arquipélago”

0
85
DR

A Viola da Terra foi a protagonista no Concerto do passado sábado, dia 28 de Setembro, no
Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, na Ribeira Grande.
O Encontro de Violas Açorianas, iniciado em 2011 pela Associação de Juventude Viola da Terra, tem passado por várias Ilhas dos Açores e esteve no Arquipélago num Concerto que aqueceu o Coração de todos, pela genuinidade das modas apresentadas, tradicionais dos Açores, e pelo lindo som da nossa viola: ponteado e rasgado.

Alexandre Fontes de Santa Maria, Bruno Bettencourt da Terceira, Jorge Silva do Pico, Rafael
Carvalho de São Miguel e Renato Bettencourt de São Jorge, prepararam um repertório
baseado no cancioneiro popular de cada Ilha. Os músicos apresentaram 15 modas tradicionais Açorianas.
Numa primeira parte os tocadores apresentaram-se a solo com modas como “Olhos
Castanhos”, “Mouraria”, “Chamarrita do Meio”, “Merceana” ou “Os Bravos” demonstrando as
diferentes técnicas de execução da Viola nos Açores. Apresentaram-se depois com várias
modas em conjunto, de modo instrumental. Na segunda parte do Concerto os músicos
tocaram e cantaram músicas como “Olhos Pretos”, “O Ladrão”, “Balho da Povoação”, “O
Balão, tendo o Concerto terminado com o “Pezinho do Pico”.
Este Encontro pretende demonstrar a riqueza da diversidade da Viola nos Açores, com
diferentes afinações, repertórios, técnicas de execução, número de cordas e também
diferenças entre modelos de cada construtor. Ao mesmo tempo pretende que os músicos de
diferentes Ilhas possam di logar entre si e conhecerem as realidades e dificuldades que se vive em cada Ilha.

Por último, promove-se a partilha de repertórios e de conhecimentos musicais entre tocadores e, depois, entre os músicos e o público, que, num concerto deste género, fica a conhecer uma parte muito importante de cultura popular Açoriana, principalmente pelo formato em jeito de conversa e de interacção com o público.
O evento fez ainda parte do programa das Comemorações do “Dia da Viola da Terra” na Ilha de São Miguel, que se estende até o dia 2 de Outubro e que tem actividades, também, em mais 6 ilhas dos Açores.

O evento foi produzido pela Associação de Juventude Viola da Terra em coprodução com o
Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas e contou com o apoio da Direcção Regional da Cultura e Direcção Regional do Turismo.

SEM COMENTÁRIOS

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO