ZONAS BALNEARES DE SÃO ROQUE DO PICO DISTINGUIDAS COM A BANDEIRA AZUL

0
13
DR

As piscinas do Cais do Pico e da Furna, em Santo António, foram distinguidas esta semana com a Bandeira Azul.

O galardão entregue pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), enquanto entidade gestora do programa, atribui às duas piscinas de São Roque do Pico um estatuto que atesta a qualidade das suas águas.

O Vereador da Câmara Municipal de São Roque do Pico com o Pelouro do Ambiente, realça a importância desta distinção para valorizar as águas balneares do concelho detentor da marca ‘Capital do Turismo Rural’, adiantando que no futuro “a intenção passa por candidatar à Bandeira Azul uma zona balnear em cada uma das freguesias do concelho. A candidatura obriga, no entanto, a um histórico de quatro anos de análises à qualidade da água, cujo processo está a decorrer neste momento”.

Numa altura em que se colocam muitas dúvidas sobre as regras a implementar na próxima época balnear, Gui Goulart deixa um apelo aos banhistas para que “cumpram” as medidas que serão exigidas devido à situação de pandemia, aguardando-se “indicação do Governo Regional para adaptação das regras à nova realidade”.

Composta por piscina natural, com os balneários localizados no interior do jardim, a Zona Balnear do Cais do Pico dispõe de parque de estacionamento e disponibiliza condições para receber pessoas com mobilidade reduzida; enquanto a Furna é uma zona balnear em mar aberto, que inclui duas piscinas artificiais com água do mar.

O programa da Bandeira Azul tem como objetivo elevar o grau de consciencialização dos cidadãos para a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro, incentivando a realização de ações que resolvam os problemas existentes.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO