37%

0
20
blank

37% dos trabalhadores por conta de outrém nos Açores recebem apenas o salário mínimo. Fixemos este número pois ele revela e revelará no futuro mais do que parece.
Ainda na passada semana, um dos partidos que integra o governo regional, o PPM, propôs que se alargasse à região o apoio que é atribuído às empresas para compensar os custos com o aumento do salário mínimo.

Esse apoio não faz qualquer sentido, nos Açores ou em qualquer parte do país por um motivo central: subsidiar as empresas que pagam o salário mínimo é dizer-lhes que devem continuar a pagar o salário mínimo pois aumentar salários sai duplamente caro: há o custo com o aumento do salário e o custo com a ausência de subsídio.

É um sinal profundamente errado que se dá às empresas, ao mesmo tempo que se incentiva o pagamento do salário mínimo em vez de se procurar mecanismos para melhorar os salários. Apenas o Bloco e o PAN votaram contra a proposta do PPM.
A verdade é que a última coisa que os Açores precisam é de incentivos para que as empresas paguem o salário mínimo.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura