6 ME investidos em infraestruturas agrícolas no Faial na atual legislatura

0
18
DR

Durante a inauguração da obra de beneficiação do Caminho Agrícola da Fligueira, localizado no Perímetro de Ordenamento Agrário Cedros/Salão, no Faial, o Secretário Regional da Agricultura e Florestas avançou que o Governo dos Açores irá investir 6 milhões de euros nas infraestruturas agrícolas no Faial, ainda na atual legislatura.

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas, anunciou que “o Governo dos Açores vai investir, nesta legislatura, um total de seis milhões de euros em infraestruturas agrícolas na ilha do Faial”, com vista a “capacitar o setor para melhor enfrentar os desafios do futuro e dar mais e melhores condições de trabalho aos agricultores”, revela uma nota de imprensa do Gabinete de Apoio à Comunicação Social (GACS) enviada ao Tribuna. 

“Além da contínua aposta na beneficiação de caminhos, no abastecimento de água e na eletrificação das explorações agrícolas, o Governo dos Açores investiu, na presente legislatura, 4,8 milhões de euros na construção do novo matadouro do Faial”, salientou João Ponte, esclarecendo que se trata de uma “infraestrutura já certificada, para dar resposta ao crescimento verificado na fileira da carne”. 

O governante registou ainda que, “entre 2013 e 2019, verificou-se um aumento de 138% na exportação de carne de bovino no Faial, passando de 768 animais em 2013 para 1.834 em 2019”, revelou.

João Ponte, esclareceu, na inauguração da obra de beneficiação do Caminho Agrícola da Fligueira, localizado no Perímetro de Ordenamento Agrário Cedros/Salão, no Faial, que este foi “um investimento superior a 350 mil euros, numa extensão de cerca de dois quilómetros, que beneficia mais de três dezenas de explorações, numa área total de cerca de 200 hectares de superfície agrícola”, destacou o responsável pela pasta.

Segundo João Ponte, “este investimento feito nas infraestruturas agrícolas, além de estratégico, é essencial, pois contribui para reduzir custos de produção e para tornar as explorações ainda mais competitivas”, explicou, reforçando que “só em 2020, será investido no Faial meio milhão de euros em infraestruturas agrícolas, designadamente na construção dos caminhos da Carrasca e da Ribeirinha, bem como no reservatório das Fontaínhas, que terá capacidade para 250 metros cúbicos”, avançou João Ponte.

Na mesma ocasião, João Ponte frisou que “a área da diversificação agrícola tem registado um grande desenvolvimento nesta ilha, apontando como exemplo a floricultura, a fruticultura e a vinha”, lê-se.

No âmbito dos fundos comunitários, o responsável pela pasta referiu acerca da “boa execução”, que segundo ele “tem sido determinante para realizar investimento públicos na agricultura”, e divulgou ainda que “no atual quadro já foram aprovados 54 projetos de modernização de explorações agrícolas no Faial, com um investimento de três milhões de euros, bem como 23 projetos de primeira instalação de jovens agricultores”, apontou o governante na nota de imprensa enviada pelo GaCS.

A finalizar, o secretário avançou que “vão abrir no mês de abril as candidaturas aos novos programas PROAGRI e I9AGRI”, e reforçou que “ainda este ano, os agricultores terão ao seu dispor o novo regime jurídico relativo à cessação da atividade agrícola, com melhores condições para uma saída condigna, bem como o programa Jovem Agricultor, para ajudar a atrair mais jovens para o setor”, anunciou João Ponte.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO