75 jovens agricultores instalaram-se na bovinicultura de carne nos Açores com apoios do PRORURAL+

0
8

O Diretor Regional do Desenvolvimento Rural revelou, na Graciosa, que 75 jovens agricultores se instalaram, na vigência do atual quadro comunitário, no setor da bovinicultura de carne nos Açores, com projetos de primeira instalação apoiados através do programa PRORURAL+.

 

“Este é um indicador muito positivo, que revela não só a apetência que o setor agrícola continua a despertar nos mais jovens, mas também que a agricultura nos Açores vai muito para além da produção de leite”, afirmou Valter Braga, acrescentando que, em termos de apoio à modernização das explorações, foram aprovados quase 200 projetos, correspondendo a um investimento de 14 milhões de euros.

 

O Diretor Regional falava à margem da visita a uma exploração de bovinicultura de carne na Graciosa, cujo projeto de investimento de primeira instalação foi apoiado pelo PRORURAL+.

 

Para Valter Braga, a par dos investimentos privados, devem ser destacados outros, realizados pelo Governo dos Açores, que têm contribuído para potenciar e qualificar o desenvolvimento do setor da carne, como é o caso do novo matadouro, que muito tem contribuído para se alcançar bons resultados.

 

“Comparando agosto de 2020 com o mesmo período de 2019, constata-se que a expedição de carcaças para fora da Região cresceu 34% na ilha Graciosa“, adiantou Valter Braga, considerando que este indicador mostra a importância do investimento de 5,4 milhões de euros na construção do novo matadouro da Graciosa, bem como a aposta na sua certificação pela norma ISSO 22.000, referente ao qualidade e segurança alimentar.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO