A questão dos naufrágios históricos e a dos afundamentos intencionais

0
23
José Luís Neto

Por: José Luís Neto

Foi anunciado que será afundado brevemente o navio “Schultz Xavier”, ao largo da ilha de Santa Maria. Não constitui especial surpresa, uma vez que é pasta que transitou do anterior executivo e que neste novo encontrou renovada determinação para a sua continuidade. Contratua-lizado está, afunde-se o “Schultz Xavier”. Mas tal não deve impedir a reflexão construtiva sobre o tema, pois convicto sou de que é no diálogo que se podem construir consensos.
São dois os argumentos apresentados que levam ao afundamento intencional de um navio em fim de vida. Um é que um afundamento leva ao aumento de fauna marinha, enquanto suporte artificial de vida, o que, mesmo não sendo das biologias, parece ser uma evidência empírica constatável por qualquer um que mergulhe, mas não é ponto assente como verdade insofismável qualitativamente. Caberá aos biólogos essa discussão.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO