A SATA e os Horários

0
13

1. A administração da SATA continua a mexer nos horários, retira voos que há mais de vinte anos estão no horário, como é o caso do voo da quarta feira da Azores AirLines e não muda o horário dos que poderiam trazer mais pessoas a deixarem dinheiro na ilha. É verdade que outros foram introduzidos, agora vamos passar a ter voo à segunda feira e ao sábado, mas um dos voos mais importantes, que é o voo do domingo, sai de manhã, não permitindo assim a quem nos visita em fim de semana ter mais que um dia e meio para visitar a ilha, fica curto, muito curto. Ao invés, o voo da segunda feira que deveria ser de manhã, permitindo desta forma a quem quisesse passar o domingo na ilha e chegar durante o dia a Lisboa, é realizado à tarde. A frota é curta, e privilegiam-se as rotas com a Europa, e outras, que salvo a exceção dos voos da Diáspora só dão prejuízo, embora as aeronaves que vão para os EUA e Canada não são as mesmas que operam no nosso aeroporto. A SATA é uma empresa regional que deveria servir em primeiro lugar os açorianos, somos 9 ilhas e todas elas merecem o mesmo tratamento, e isto não tem acontecido, Corvo, Flores, São Jorge, Graciosa, Pico, e Faial são vozes correntes do mau serviço que a mesma presta. Carga que fica atrás, voos com aeronaves desadequadas, horários que não servem a quem precisa sair da ilha e apanhar ligação para Lisboa, entre outras situações, salva-se os funcionários.
Servir os açorianos e a economia das ilhas não é obrigar uma equipa desportiva do Faial a ter que pernoitar sempre em São Miguel ou na Terceira deixando dinheiro no alojamento e na restauração e depois permite quem nos visita dessas ilhas chegar de manha e partir a tarde. E isto reflete-se na qualidade das equipas, os patrões querem os seus funcionários segunda de manhã no local de trabalho, são pormenores que fazem muita diferença, onde acrescento as questões económicas para a ilha e coletividades, assim é menos dinheiro que entra na nossa economia, afinal não somos todos iguais, isto para não falar que quem organiza as provas favorece sempre os mais fortes, se o avião sai mais cedo, então marca-se o jogo mais cedo ainda, mesmo que o visitado não esteja de acordo.

2. Ouvi dizer que alguém se vai demitir do cargo que ocupa, da estrutura do Partido Socialista no Faial, se os 14 voos semanais em julho e agosto não forem reprogramados para o verão IATA que se aproxima. Estou há espera… Calma, não estou à espera da demissão, porque não é isso que é importante para o Faial, o que espero eu e certamente todos, é que os 14 voos sejam integralmente repostos. A rota do Faial não pode ser prejudicada em detrimento de novas rotas, as quais não são garantia demais valia para os Açores e para a companhia. O Tribunal de Contas tem dado conta desses desastres, só na rota da Madeira e Porto Santo foram mais de 16 milhões de euros de prejuízo para o grupo SATA, e entre 2009 e 2013 a dívida financeira cresceu 100 milhões de euros, e a rota Horta-Lisboa-Horta não era da SATA. Já agora era importante saber os números de todas as rotas, pois a mensagem que o Presidente do grupo SATA passou é que somos uma das ilhas que mais contribui para os cerca de 140 milhões de euros de prejuízo que o grupo tem acumulado ao longo dos anos, eu, e certamente a maioria dos faialenses, não acreditamos que a nossa rota seja o “patinho feio” e temos todo o direito de saber os números, bem como se chega aos mesmos.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO