A saúde tem que ser sustentável

0
11

Um serviço de Saúde que garanta o futuro e que, por isso, aposte no valor da sustentabilidade, em maiores níveis de produtividade dos recursos, no reconhecimento da qualidade e na profissionalização da gestão, é este o grande objectivo do Governo Regional para os próximos quatro anos. 

“Todos estes princípios implicam, porém, mudanças a que nenhuma área do Serviço Regional de Saúde pode ficar imune”, alertou Vasco Cordeiro, ao reafirmar que a sustentabilidade do Serviço Regional de Saúde é um dos maiores desafios da presente legislatura. 

“É por isso que quero convidar todos os partidos políticos representados neste Parlamento, bem como as entidades representativas dos profissionais deste sector, para que se juntem a nós na definição e implementação de um Compromisso Regional para a Sustentabilidade do Serviço dos Açores”, disse.

Segundo adiantou, este Compromisso visa definir, durante o ano de 2013, que Serviço Regional de Saúde se pretende ter nos Açores ao longo dos próximos 10 a 15 anos, como deve ser estruturado e quais as medidas que devem ser concretizadas para realizar estes objetivos, bem como para garantir a sua imprescindível sustentabilidade.





O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO