Acabou o ano letivo… e agora?

0
27
Salomé Matos

Para as crianças e jovens, em idade escolar, a passada semana foi o culminar de meses exigentes de atenção e muito trabalho. Testes, TPC´s, provas de aferição e audições ditaram o ritmo de vida das famílias que agora, finalmente, preparam-se para um longo e bem merecido período de férias letivas.

Ainda o ano não tinha acabado e já estávamos a pensar no novo começo das aulas. Um momento emocionante, mas que também pode ser uma experiência intimidante para as crianças… e para os pais! Desde a organização de novas rotinas até a garantia de que tudo o que precisam está devidamente preparado são preocupações que nos vão acompanhar nos próximos 3 meses.

Pelo terceiro ano consecutivo profissionais da área da educação, alunos e famílias tiveram de adaptar-se às contingências da pandemia Covid 19. Na primavera de 2020, em resposta à pandemia, mais de 190 países encerraram todos os seus estabelecimentos de ensino, afetando cerca de 90% da população mundial de alunos, o que se traduz em mais de 1,6 mil milhões de crianças e jovens. O encerramento das escolas, o ensino à distância, as sucessivas ausências quer de professores e dos alunos por motivos de doença ou de isolamento profilático tiveram consequências graves para a educação. Assumindo que a pandemia gerou perdas de aprendizagem e acentuou as desigualdades entre os alunos, há que reduzir e reverter estes efeitos negativos a longo prazo através da implementação de programas de recuperação de aprendizagem.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura