Acordos com sindicatos médicos reforçam eficiência na saúde, afirma Teresa Machado Luciano

0
11
DR

A Secretária Regional da Saúde afirmou que os instrumentos de regulamentação coletiva do trabalho dos médicos hoje assinados vão garantir “notáveis ganhos de eficiência” no Serviço Regional de Saúde.

“A célere introdução das medidas previstas nestes instrumentos vai beneficiar a organização dos serviços e, desta maneira, a qualidade da resposta aos utentes, a eficiência e a transparência”, frisou Teresa Machado Luciano.

A titular da pasta da Saúde salientou, entre as normas de organização e disciplina do trabalho agora assinadas, a atividade de orientação de médicos internos, frisando que “a formação e a fixação de médicos nas nove ilhas dos Açores são uma prioridade na política regional para a saúde”.

Estes instrumentos regulam o regime suplementar e preveem ainda, relativamente ao trabalho no serviço de urgência, que nenhum trabalhador médico seja escalado para prestar trabalho durante mais do que 47 semanas em cada 52 consecutivas, com vista ao reforço da segurança dos cuidados.

Os instrumentos foram assinados pelos hospitais da Região e pelas Unidades de Saúde de Ilha com o Sindicato Independente dos Médicos e o Sindicato dos Médicos da Zona Sul.

Serão abrangidos mais de 500 médicos, filiados naquelas duas estruturas sindicais, em regime de contrato de trabalho em funções públicas e com contrato individual de trabalho.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO