Administração Pública Regional implementa sistema de faturas eletrónicas para empresas

0
28
blank
DR

O Vice-Presidente do Governo anunciou que todas as 86 entidades no âmbito da Administração Pública Regional “estão em condições de receber faturas eletrónicas”, no contexto do projeto de implementação da faturação eletrónica na Administração Pública dos Açores.

“Já foram emitidas mais de 4.000 faturas eletrónicas, recebidas e conferidas pela Administração Pública Regional no âmbito deste projeto”, salientou Sérgio Ávila, acrescentando que se trata de uma “medida importante para reduzir os custos administrativos das empresas e tornar o relacionamento entre as empresas da Região e a Administração Pública Regional ainda mais eficaz, eficiente e transparente”.

Segundo o governante, a implementação da faturação eletrónica na Administração Pública Regional assume-se como um “projeto experimental, no âmbito de um projeto-piloto nacional, desde o segundo semestre do ano passado”.

“A própria Região está também em condições, no âmbito de algumas entidades, de emitir faturas eletrónicas”, frisou.

Para a ampliação deste projeto, afirmou o Vice-Presidente, a Região disponibiliza um formulário online, de forma “fácil e gratuita”, a todas as empresas interessadas para que possam submeter a faturação eletrónica à Administração Pública Regional.

“Com esta medida, antecipamos em cerca de um ano o que é e será no futuro uma obrigação legal no âmbito da legislação comunitária”, sublinhou.

Neste sentido, reforçou Sérgio Ávila, os Açores colocam-se não só na “linha da frente” no que concerne à faturação eletrónica em Portugal, mas também no fomento da transparência, celeridade e redução dos custos das empresas, além de contribuir para a sustentabilidade ambiental da Região com a redução da pegada ecológica.

Neste contexto, hoje foi iniciado nos Açores um processo de incentivo às empresas para a utilização da faturação eletrónica, sendo que a primeira sessão de apresentação do projeto decorreu no Palácio dos Capitães-Generais, em Angra do Heroísmo.

A próxima sessão de apresentação está prevista para 10 de fevereiro, no NONAGON – Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, na Lagoa.