Início Artigos de opinião Afinal… Ou as minhas incómodas perplexidades

Afinal… Ou as minhas incómodas perplexidades

0
38
Ricardo Madruga da Costa
DR/TI

Por: Ricardo Madruga da Costa

Ninguém duvidará que a humanidade no seu todo foi surpreendida por uma doença devastadora. Agora, vagamente, gente mais informada vem dizendo que era uma situação expectável ainda que imprevisível. Entretanto, mergulhados na pandemia que gente da ciência designou por Covid-19, mesmo os cidadãos não muito informados já se aperceberam que os dias que passam nos vão surpreendendo com enorme, mas caótica, variedade de novidades. Quase invariavelmente com uma palavrinha que é verdadeiro adorno para embelezar as contrariedades: “confinamento”. Outra palavrinha também se tornou comum: “Afinal”… O problema é o “afinal”. Muita novidade animadora, mas de repente: “afinal”…E quando a vacina vai arrumar com o bicho sem apelo nem agravo, “afinal” lá vem a variante X ou Y com novos e artísticos rendilhados. Mas a vida não parou.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

SEM COMENTÁRIOS

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO