Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas acolhe exposição “Epicentro: Milagre”

0
5
DR

A Direção Regional da Cultura, através do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, na Ribeira Grande, inaugura a 29 de março a exposição “Epicentro: Milagre”, com curadoria de António Pedro Lopes, Luís Banrezes, Márcio Laranjeira e Joaquim Durães.

Neste projeto, que resulta da ideia de que, nos Açores, numa época em que a terra treme todos os dias, diz-se iminente o surgimento de uma nova ilha, os artistas trabalham o som, a fotografia, o cinema e a instalação como disparadores do processo criativo, e foram desafiados para residências artísticas, experimentação e investigação, produção de pensamento e performance, com vista a criar uma pluralidade de perspetivas sobre este território natural e cultural.

Por outro lado, o Serviço Educativo do Arquipélago realiza nos sábados 14, 21 e 28 de março a oficina “Instalação – a partir da Coleção”.

A oficina do dia 14 é destinada ao público dos 6 aos 12 anos, a do dia 21 para o público entre os 2 e os 6 anos e a oficina de 28 de março será uma visita-guiada para o público em geral.

A 15 de março terá lugar, excecionalmente, a iniciativa intitulada “Último domingo de cada mês”, enquanto a ação de sensibilização “Ambiente de todos nós. O Futuro para todos nós” decorre a 20 março e debruça-se sobre questões ambientais e medidas e iniciativas para proteger o planeta, bem como a consciencialização sobre as alterações climáticas.

A 31 de março, pelas 22h00, o Arquipélago acolhe a abertura da edição deste ano do festival TREMOR, onde decorrem diversas apresentações, em simultâneo, nas instalações deste Centro.

A Direção Regional da Cultura informa que estes e outros eventos estão disponíveis para consulta na Agenda Cultural do Portal CulturAçores, no endereço www.culturacores.azores.gov.pt.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO