Associação de Municípios do Triângulo renasce

0
8

O presidente da Câmara Municipal da Horta (CMH) foi eleito por unanimidade na última reunião da Associação de Municípios do Triângulo (AMT), realizada a 18 de fevereiro em São Roque do Pico, Presidente do Conselho Executivo daquela associação.

Nesta reunião, que teve o objetivo de instalar os novos órgãos sociais da AMT, foi ainda eleito vice-presidente da Assembleia Intermunicipal o vereador da CMH Filipe Menezes.

Na ocasião, José Leonardo Silva destacou a importância do consenso conseguido para que o Triângulo afirme uma posição forte a uma só voz no contexto regional. 

O autarca realçou a importância dos Transportes, Turismo e Promoção dos Produtos Locais como áreas fundamentais na ação da AMT, prometendo reunir para breve o Conselho Executivo da Associação para a elaboração do Plano e Orçamento.

Dois meses volvidos da tomada de posse, José Leonardo Silva já levantou o véu sobre os objetivos e as linhas mestras deste projeto que encabeça.

Começou por dizer a este semanário que “a AMT foi fundada em novembro de 1990 e desde essa altura manteve a sua atividade mas, revelou com o tempo, dificuldades em ultrapassar certas diferenças que levaram a um afastamento das comunidades do canal e, por conseguinte, impediram que levasse a bom porto projetos que contribuíssem para um desenvolvimento comum e harmónico.”

José Leonardo revela que “a atual conjuntura fez com que a AMT sentisse necessidade de se reerguer. “Torna-se evidente que esta separação não só não faz sentido, como também não é útil para que se ultrapassem os desafios que se colocam ao crescimento das nossas ilhas”, e acrescenta que “as próprias pessoas deste Triângulo percebem que podemos ter aqui uma oportunidade. Temos que encarar esta conjuntura como uma oportunidade.”

Leia a reportagem completa na edição de 17 de abril de 2014.