Bairro da Boa Vista

    0
    6
    DR

    DR

    Localizado na zona alta da freguesia da Matriz o Bairro da Boa Vista é um aglomerado habitacional que foi mandado construir pelo Município, constituído por trinta e duas moradias quando da sua inauguração e entrega aos locatários, cujo “Regulamento Para A Ocupação Das Casas Dos Bairros Para Pobres Da Cidade Da Horta” foi aprovado em reunião ordinária da Câmara Municipal da Horta, de 28 de junho de 1950, sendo presidente da edilidade o Dr. António de Freitas Pimentel.

    Como o próprio regulamento indicava, as casas do Bairro eram destinadas a pessoas pobres da cidade, o valor das rendas era fixado para as casas “tipo grande” e “tipo pequeno”competindo à Câmara Municipal os encargos de conservação periódica das casas (caiação, pintura e retelho), para além denos vários artigos, num total de nove, estarem devidamente assinalados todos os deveres e obrigações.
    Nessa altura, os moradores do Bairroeram agregados familiares vastos e de fracos recursos em que o cabeça de casal seria trabalhador da Câmara, estivador, pescador ou pedreiro, na sua maioria.
    Durante largo tempo o Bairro da Boa Vista foi visto como um local marginal da freguesia da Matriz, à semelhança de outros bairros construídos no passado pelos municípiospara pobres, e os seus habitantes tidos por pessoas menos recomendáveis.
    Mais de sessenta anos depois, o Bairro da Boa Vista deixou de ter o estigma das suas casas serem para pobres, ou dos seus moradores não serem as melhores pessoas, eatualmente os seus habitantes têm diversa condição social e profissional, e grande parte já é proprietária da sua casa.
    Para esta alteração de paradigma, para além daevolução temporal dos conceitos sociais e da progressiva melhoria da qualidade de vida da população em geral,muito contribuiu a ação e o trabalho da Junta de Freguesia da Matriz.
    No ano de 1995, na presidência da Junta de Freguesia do Sr. Antero Gonçalves, foi construído o recinto desportivo implantado na zona central do Bairro, espaço adequado para ocupação das crianças e jovens ali residentes e para a realização de festas ou outros eventos.
    A partir de 2001, os executivos daJunta de Freguesia Matriza que tive a honra de presidir,deram seguimento ao trabalho que vinha a ser desenvolvido pelos seus antecessores e o investimento na requalificação dos espaços públicos do Bairro foi continuado e mais desenvolvido, tendo como um dos principais objetivosmelhorar a qualidade de vida dos residentes, valorizar e modernizar o Bairro, favorecer a sua integral articulação social e urbanística no conjunto da freguesia da Matriz.
    Com recursos financeiros da Junta de Freguesia e das dotações dos Protocolos de Delegação de Competências do Município foram criadas zonas de lazer,implantados novos e modernos equipamentos de entretimento para crianças e jovens, o recinto desportivo passou a ter acessibilidade para pessoas portadoras de deficiência, foi iniciada a Festa de São Pedro, em 2002, sempre com a compreensão e estreita colaboração dos moradores do Bairro e da sua Comissão de Festas.
    O Bairro da Boa Vista,tem uma vista privilegiada para a cidade e o canal, também beneficiou com a expansão urbana da freguesia da Matriz para a zona alta.É hoje um espaço residencial livre de estigmase a par do investimento da autarquia na sua requalificação também o investimento privado, empresarial e o empenho dos seus habitantes em muito tem contribuído para a sua evolução e consequente enobrecimento. g

     

    O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO