Bruno Costa dia 3 no Pico

    0
    2
    Festival de Cordas
    Para comemorar Fernando Machado Soares, a MiratecArts apresenta o músico Bruno Costa em concerto-conversa com a Guitarra Portuguesa de Coimbra, acompanhado por Ni Ferreirinha. 
     
    Bruno Costa iniciou a aprendizagem da guitarra portuguesa aos 12 anos e participa regularmente em espetáculos nacionais e estrangeiros, tendo atuado com Cuca Roseta e Vitorino, entre outros artistas de renome. Além de acompanhar os melhores intérpretes da atualidade do Fado de Coimbra, foi elemento de vários grupos, tendo participado em gravações de inúmeros álbuns. Em 2008, lançou o grupo CORDIS, com a sua guitarra portuguesa em estilo de Coimbra e o piano de Paulo Figueiredo, onde percorrem o mundo, depois de produzir 3 álbuns e um DVD Concerto.
    A Guitarra Portuguesa de Coimbra tem uma forma ligeiramente diferente da de Lisboa e a sua afinação é um tom abaixo da sua congénere de Lisboa, sendo afinada um tom abaixo. A sua voluta tem um motivo de forma oval, a lágrima.
     
    Fernando Machado Soares nasceu em São Roque do Pico, a 3 de Setembro de 1930, onde viveu até aos 16 anos. Faleceu em Almada, a 7 de dezembro de 2014. Foi poeta, cantor, intérprete e compositor no âmbito da Canção de Coimbra, jurista e juiz jubilado, mais conhecido pela sua Balada da Despedida (1958), intitulada “Coimbra tem mais encanto”.
     
    O evento com Bruno Costa, inserido no projeto Balada da Despedida da MiratecArts, que pretende comemorar, anualmente, este filho da montanha, acontece na sexta, 3 de setembro, pelas 21h no Auditório da Madalena. Bilhetes gratuitos já disponíveis na bilheteira da Biblioteca Auditório da Madalena durante a hora do expediente e uma hora antes do concerto. 

    O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO